Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Estudo comprova relação entre poluição e diabetes infantil

Compartilhe!

A União Européia apresentou os resultados de um estudo promovido pelo Instituto de Pesquisa da Diabetes do HelmHoltz Centre, em Munique, Alemanha, onde foi constatado que a exposição a alguns dos gases nocivos liberados pelos escapamento dos automóveis pode provocar o surgimento da diabetes em crianças de pouca idade. Os responsáveis pelo estudo afirmaram que “os nossos resultados demonstram que a exposição a poluentes relacionados com o trânsito urbano aceleram o desenvolvimento de diabetes Tipo 1”. De acordo com esta investigação, este perigo existe apenas para as crianças mais jovens.

polo-gti-2013-mexico-04

Para encontrar esta relação, os pesquisadores do HelmHoltz Centre compararam o tempo de diagnóstico da diabetes com o contacto com estes poluentes junto às residências das crianças, tendo também em conta outros fatores como antecedentes familiares, massa corporal e parâmetros diversos. A conclusão a que estes estudiosos chegaram foi a de que existe relação direta entre a existência de concentrações de partículas (PM10) e dióxido de hidrogênio, gases nocivos associados ao trânsito urbano, com o surgimento da diabetes em crianças de pouca idade.

Com a diabetes sendo uma das doenças que mais afeta os europeus, este estudo é mais uma prova da necessidade, que vem sendo cumprida por lá com sucesso- dos fabricantes de veículos reduzindo as emissões nocivas oriundas dos escapamentos dos automóveis, motos e caminhões. No Brasil não há nenhum estudo a respeito.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español