Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

EUA: mesmo “veterano”, Dodge Challenger bateu Mustang e Camaro

Compartilhe!

O Dodge Challenger conseguiu vender mais que o Ford Mustang e o Chevrolet Camaro em 2021, o que é realmente impressionante, pois o desenho básico do Challenger atual não mudou desde que o modelo foi reintroduzido em 2008. Sim, para a indústria automotiva, esse Dodge é um carro considerado “antigo”.

por Ricardo Caruso

Dodge Challenger: “antiguinho” e campeão de vendas no segmento.

Os números das vendas nos EUA mostram que a Dodge vendeu 54.314 Challenger em 2021, aumento de cerca de 3% em relação ao total do ano anterior. Em comparação, a Ford vendeu 52.414 Mustang no ano passado, queda de 14,2% em relação ao total de 2020 e, na verdade, o menor total anual na história do modelo.

2022 Ford Mustang EcoBoost Edição Stealth
Ford Mustang

Ruim é a situação do Chevrolet Camaro, que continuou com a tendência de queda dos últimos dois anos, com as vendas de 2021 chegando a apenas 21.893 unidades, perda de 26,5% em relação ao total do ano anterior. O declínio e a relutância da Chevrolet em promover grandes atualizações ajudam a embasar os rumores de que o atual Camaro chegará ao fim da sua trajetória após 2024, com o valioso nome aposentado ou reaproveitado em algum veículo elétrico.

2022 Chevrolet Camaro & Camaro ZL1 | Sports Car
Chevrolet Camaro

O Mustang é tradicionalmente o líder de vendas desse trio de modelos reencarnados, e ainda está à frente quando você inclui as vendas do SUV elétrico Mustang Mach-E (que está longe de ser um Mustang genuíno) O número combinado para ambos os Mustang é de 79.554 unidades. É possível que as vendas do Mustang também tenham sido memores devido a notícias de que um face lift vai acontecer em breve, talvez já no ano-modelo 2023. Quanto ao Challenger, espera-se que seja redesenhado ou substituído em 2024.

O ano passado também foi estranho para muitas montadoras, devido à escassez de componentes e outras interrupções relacionadas com a pandemia. A GM foi especialmente atingida, resultando na perda da liderança de vendas nos Estados Unidos pela primeira vez em 90 anos. A boa notícia é que a maioria das montadoras está prevendo vendas mais altas em 2022 com base nas expectativas das condições econômicas e na melhoria dos problemas de oferta de suprimentos.

Disuputa por consumidores a parte, a verdade é uma só: é muito difícil escolher um entre os três. Todos são maravilhosos…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español