SlideÚltima hora

EX-PILOTO DE FÓRMULA 1 PEGO NO ANTIDOPING

Compartilhe!

Enge está fora das pistas.

O ex-piloto de Fórmula 1 Tomas Enge foi banido em definitivo de qualquer atividade no automobilismo, depois de ter sido apanhado num exame antidoping com substâncias proibidas no organismo.

Esta é a segunda vez que o piloto checo foi flagrado. Em 2002, Enge perdeu o título da Fórmula 3000, depois de terem sido detectados traços de maconha em seu organismo.

Na segunda vez, a FIA não perdoou o piloto.

Tomas Enge, de 35 anos e que chegou a pilotar na Fórmula 1 para a Prost, em três corridas no ano de 2001 (substituindo o acidentado Luciano Burti), declarou estar “profundamente chocado” com a decisão, negando ter tomado qualquer substância estimulante. Diz ele que avisou à FIA de que estava usando medicamentos específicos para um problema de saúde crônico que o incomoda há algum tempo.

Enge desta vez foi pego no controle antidoping que a FIA fez depois da prova de Navarra do campeonato mundial FIA GT1, que se revelou positivo. Atualmente, era piloto da Reiter Lamborghini no campeonato mundial de GT1.


Compartilhe!
1714055825