Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

EX-PILOTO DE FÓRMULA 1 PEGO NO ANTIDOPING

Compartilhe!

Enge está fora das pistas.

O ex-piloto de Fórmula 1 Tomas Enge foi banido em definitivo de qualquer atividade no automobilismo, depois de ter sido apanhado num exame antidoping com substâncias proibidas no organismo.

Esta é a segunda vez que o piloto checo foi flagrado. Em 2002, Enge perdeu o título da Fórmula 3000, depois de terem sido detectados traços de maconha em seu organismo.

Na segunda vez, a FIA não perdoou o piloto.

Tomas Enge, de 35 anos e que chegou a pilotar na Fórmula 1 para a Prost, em três corridas no ano de 2001 (substituindo o acidentado Luciano Burti), declarou estar “profundamente chocado” com a decisão, negando ter tomado qualquer substância estimulante. Diz ele que avisou à FIA de que estava usando medicamentos específicos para um problema de saúde crônico que o incomoda há algum tempo.

Enge desta vez foi pego no controle antidoping que a FIA fez depois da prova de Navarra do campeonato mundial FIA GT1, que se revelou positivo. Atualmente, era piloto da Reiter Lamborghini no campeonato mundial de GT1.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español