Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Exemplar quase zero da McLaren F1 1988 será vendida

Compartilhe!

A McLaren Special Operations (MSO), divisão encarregada dos modelos especiais da marca britânica, vai comercializar uma unidade do antológico F1. Trata-se de uma oportunidade raríssima para que um cliente possa adquirir este superesportivo de 1988 mantido de maneira exemplar. É esta divisão que faz a manutenção de todos os McLaren F1 em nível global e prepara-se agora para oferecer ao mercado um dos últimos modelos da sua coleção.

McLaren-F1-21

Assim, o carro de chassi de número 069 será colocado à venda em condições praticamente originais de fábrica, com menos de 4500  km rodados. Este modelo foi produzido em 1998, ano em que se construíram apenas seis exemplares do McLaren F1, com o chassis número 069 sendo o 60º modelo fabricado de um total de 64 veículos produzidos em Woking, no Reino Unido.

Trata-se de uma unidade pintada em preto Carbono com alguns detalhes exclusivos, como o acabamento especial nos centros das rodas de 17 polegadas feitas de magnésio e bancos de couro com tons contrastantes de preto e vermelho, ao passo que os dois bancos dos passageiros são revestidos de camurça.

Projetado com o objetivo modesto de ser o superesportivo mais rápido e exclusivo do mundo, o McLaren F1 ainda hoje mantém uma aura emblemática ao seu redor, rivalizando com a Ferrari F40, por exemplo (ainda que em 1995 a Ferrari tenha lançado o F50, mas que acabou por não ter o mesmo impacto do modelo anterior, criado ainda por Enzo Ferrari). Inspirado na Fórmula 1 e concebido com o conhecimentos de Gordon Murray, este modelo contava com motor 6.1V12 aspirado, de origem BMW, capaz de produzir 636 cv e de levar o carro aos 390 km/h.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español