Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

ACREDITE: A F-150 SVT RAPTOR DE 417 CV É MAIS BARATA QUE A RANGER

Compartilhe!

F150_Raptor2014-1 (2)
Acredite, esta pickup esportiva custa menos que uma Ranger nacional bem simplizinha.

A Ford apresentou a F-150 SVT Raptor Special Edition, nova versão da pickup off-road de luxo, que será lançada no segundo semestre nos Estados Unidos, com um “pacote” exclusivo de acessórios. Na carroceria, as novidades incluem pintura nas cores metálicas vermelho ou preto e grafismos na caçamba. O interior traz bancos com novos revestimentos, acabamento diferenciado do painel e apliques no console e nas portas.

F150_Raptor2014-2 (2)

A SVT Raptor não é só um rostinho bonito. É equipada com motor 6.2V8, de 417 cv de potência máxima e torque máximo de 60 mkgf, acoplado numa transmissão automática eletrônica de seis velocidades com modo de carga e reboque e opção de trocas manuais SelectShift. Seu sistema 4×4 conta com seleção eletrônica “shift-on-the-fly”. O eixo dianteiro tem diferencial Torsen, com relação de 4,10:1, e o eixo traseiro usa a mesma relação, com bloqueio eletrônico de diferencial.

F150_Raptor2014-3 (2)

“Os clientes da Raptor querem uma pickup de alta performance, com máxima capacidade off-road e o mesmo nível de equipamentos e conforto dos carros de luxo”, disse Doug Scott, gerente de Marketing de Pickups da Ford nos Estados Unidos. “Desde o seu lançamento, em 2009, a Raptor evoluiu continuamente em capacidade e design. Por isso, a Special Edition 2014 é a melhor já produzida.

F150_Raptor2014-4 (2)

A F-150 SVT Raptor encontrou um nicho no mercado de pickups grandes que tem mostrado potencial invejável. Este ano, as suas vendas cresceram 14%, completando cinco meses de recordes. Em 2012, ela somou mais de 13.000 unidades comercializadas. Desde o seu lançamento como modelo 2010, a Ford F-150 SVT Raptor tornou-se referência em desempenho off-road, com pneus especiais todo-terreno, amortecedores de três vias Fox Racing Shox, protetor de cárter e assistente de descida em rampa, entre outros.

Além do modelo SuperCab, de duas portas, a Ford lançou na linha 2011 a versão SuperCrew, de quatro portas. No ano-modelo 2012, introduziu a câmera montada na grade dianteira para melhorar a visibilidade do motorista na passagem por pedras e outros obstáculos, além de diferencial autoblocante Torsen para distribuição de tração nas rodas dianteiras.

A linha 2013 trouxe ainda como novidades o exclusivo aro protetor de pneu, que ajuda a aumentar a tração em condições de baixa aderência, faróis de xenônio e sistema de conectividade SYNC com MyFord Touch.

O preço é pouco acima dos US$ 40 mil, ou R$ 80 mil. Enquanto isso, aqui no Brasil com esse valor só é possível comprar um produto muito inferior: a nova Ford Ranger 2013, Limited, 2.5, flex, câmbio manual, cabine dupla e tração apenas 4×2, que sai por R$ 87.500. Incluindo custo-Brasil, lucro-Brasil, impostos e outros, todos ganham e quem perde -muito- é o consumidor. Basta fazer a comparação. Resumindo: como são felizes os americanos.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *