Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Ferrari Sergio: seis unidades a US$ 4 milhões cada

Compartilhe!

AUTO&TÉCNICA já tinha antecipado que o conceito Sergio, produzido pela Pininfarina, iria chegar à produção. Aqui está a versão definitiva.

a1

 Foi durante a festa de final de temporada esportiva da Ferrari, realizada em Abu Dhabi -onde está localizado o parque temático “Ferrari World”, que a Pininfarina e a Ferrari apresentaram a Sergio.
Destinado a celebrar os 60 anos da colaboração entre a Ferrari e a Pininfarina, a Ferrari Sergio tem como base o 458 Italia na versão Spider e foi desenvolvido em parceria entre a casa de Maranello e o estúdio de Modena. O primeiro protótipo Sergio foi apresentado no Salão de Genebra de 2013, onde recebeu enorme aceitação e até interesse de alguns em ter um na garagem. Depois disso ficou decidido levar o modelo para uma produção limitada de apenas seis unidades, produzidas pelas duas empresas.

O modelo leva o nome de Sergio Pininfarina, o filho do fundador da Carrozeria Farina que, depois virou Pininfarina (o pai de Sérgio era baixinho e tinha o apelido Pinin). E assim a Pininfarina se tornou um dos mais importantes estúdios de desenho do mundo.

A montagem final da Ferarri Sergio é feita na unidade de produção de Cambiano, da Pininfarina, e já estão todas vendidas, o mesmo que aconteceu a Ferrari F60 America, também esgotada.

O preço é segredo, mas comenta-se que cada comprador desembolsou pelo menos US$ 4 milhões para poder acelerar esse carro exclusivo. Resumindo: se você chama Sergio e gostaria de ter um carro com seu nome, nao vai ser desta vez…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español