Última hora

Festa na Fiat: 500 comemora 59 anos

Compartilhe!

Este mes de julho é de grande importância para a Fiat. Este é o mês em que marca os 4o anos de Brasil, e também é aniversário do pequeno 500, que foi lançado no dia 4 de julho de 1957. Naquele dia, a marca italiana apresentou o Nuova Cinquecento, modelo que se caracterizava pelas dimensões extremamente compactas (2,97 metros de comprimento) e que se apresentava como o sucessor de um automóvel semelhante lançado em 1936 e que ficara conhecido como o ‘Topolino” (como os italianos chamam o Mickey Mouse).

2014-Fiat-500-with-1957-Fiat-500-side-view-

O 500 rapidamente se tornou grande sucesso na Itália e no resto da Europa, ganhando depois o status de veículo cult, tanto pelo seu significado para a indústria italiana, como pela própria legião de fãs que dura até hoje.

Na época, este Fiat destacava-se pela sua praticidade e pelo baixo custo, equipado com motor de dois cilindros arrefecido a ar com apenas 479 cm3 e 13 cv de potência. Para o baixo peso e para as necessidades urbanas do pós-guerra, o Nuova 500 representou aquilo que na Alemanha o  Fusca significou para a Volkswagen, expandindo a ideia do “carro do povo”. O motor era posicionado na traseira, oferecendo ainda assim espaço no habitáculo para quatro passageiros. Parta quem gostava de acelerar, a Fiat desenvolveu versões mais potentes sob o emblema da Abarth, numa ligação que se prolonga até aos dias de hoje, embora a Abarth funcione como marca independente.

Entre 1957, momento do seu lançamento, e o ano de 1975, quando a Fiat descontinuou o modelo, a marca vendeu cerca de 3,5 milhões de unidades. Mas a história do 500 não terminou ali. Em 2007, na comemoração do 50º aniversário do lançamento original, a Fiat revelou um novo 500, acertando em cheio na receita de sucesso: visual retrô, versatilidade, economia e equipamentos modernos. Embora surgido na sombra do original, este 500 contemporâneo se diferenciava do original por contar com motor dianteiro, maioe e mais pesado.

A nova geração do 500 teve o poder de revitalizar a Fiat, transportando-a não só rumo ao sucesso mas também de novo para os Estados Unidos, onde o 500 surgiu acompanhado de uma campanha publicitária agressiva. Por outro lado, a Fiat quis naturalmente ampliar o seu modelo de sucesso e logo estendeu a linha 500 com versões maiores, como L e 500X. E promete não ficar por aqui.

No ano passado, precisamente no mesmo 4 de julho, a Fiat revelou o renovado 500, apresentando novidades estéticas, mecânica melhorada e mais equipamentos. Esse caminho de sucesso parece que vai longe, enquanto não chega a nova geração, que já está sendo preparada pela marca de Turim. Por enquanto, seguem as coemmoraçõe do 59º aniversário do 500.


Compartilhe!
1716500692