Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

FIAT CHRYSLER: GIGANTE JÁ TEM ATÉ LOGOMARCA

Compartilhe!

i

Sérgio Marchionne trabalhou muito e conseguiu, depois de uma dura batalha e bilhões de dólares gastos, assumir o capital da Chrysler No último trimestre de 2013, as duas empresas geraram aumento dos lucros de 5%, apesar das dificuldades da Fiat na Europa e América Latina, e criou o sétimo maior fabricanter mundial de automóveis. O CEO da Fiat e da Chrysler explicou quando da compra da montadora americana que “podemos dizer que fomos bem sucedidos em criar sólidas bases para uma montadora global, com uma mescla de experiência e conhecimento em nível dos melhores dos nossos concorrentes”.

O grupo Fiat Chrysler Automobiles NV terá a sua base na Holanda e endereço fiscal na Grã Bretanha, sendo que a nova empresa será admitida nas bolsas de valores de Nova Iorque e Milão ainda antes do final deste ano. Por não conhecer o local onde a empresa terá a sua sede, Marchionne está muito inclinado a levá-la para os Estados Unidos. Já foi apresentada a logomarca da empresa.

Concluída a compra e a fusão dos dois gigantes, Sérgio Marchionne pode agora se concentrar naquilo que é mais importante, ou seja, fazer as marcas do grupo crescerem. Para isso, irá apresentar um “business plan“ a longo prazo em maio deste ano, que vai desenhar o futuro de marcas como a Alfa Romeo e Jeep. E Marchionne cumpre a palavra de não vender a Alfa Romeo para o grupo VW, como foi comentado, pois agora dinheiro não falta. “A unificação da estrutura proprietária do grupo permiti executar de forma plena a nossa visão global do grupo, criando uma montadoea global que é única em termos de mistura de experiência, perspetciva e conhecimento”. Palavras de Marchionne, que conseguiu assim driblat os prejuízos do grupo Fiat na Europa e criar uma gigante mundial.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español