Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

FIAT NÃO EXPORTA MAIS PARA O IRÃ

Compartilhe!

A Fiat anunciou que a empresa suspendeu suas relações comerciais com o Irã, devido ao embargo comercial imposto pelos Estados Unidos e outros países do Ocidente. No comunicado oficial: “A Fiat anuncia que as suas subsidiárias não vão realizar mais atividades comerciais relacionadas com os produtos, ou componentes, com destino ao Irã”.

O programa nuclear iraniano tem sido citado como uma das várias razões para que os países ocidentais encerrassem negocios com aquele país. A última tentativa de persuadir o Irã a deixar especialistas da ONU examinarem seu programa nuclear, terminou inconclusiva numa reunião realizada recentemente em Bagda.

 O “Unidos contra o Irã Nuclear” (UANI), grupo de pressão norte-americano, vem liderarando campanha muito grande, capaz de endurecer as sanções com o país islâmico. Por outro lado, o Irã se defende e garante que seu programa nuclear é pacífico.

A indústria automobilístca tem estado assim, sob pressão do grupo antinuclear, para cortar relações comerciais com o Irã. Com esta atitude, a Fiat já seguiu os passos de outras marcas como Peugeot, Citroën, General Motors, Hyundai e Porsche.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español