Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Fiat: Palio completa a maioridade e desencarna…

Compartilhe!

Sem choro e nem vela, sequer um mísero obituário. O Fiat Palio deixou de ser comercializado no mercado brasileiro, e se foi sem a menor gratidão da marca italiana. Em época de lucros como foco de tudo, não há lugar para saudosismo ou gratidão. O hatch compacto teve quase 22 anos de produção em nosso País e simplesmente desapareceu do portfólio da Fiat. O site da Fiat não exibe mais o Palio em sua linha de modelos, da mesma forma que o Punto, também descontinuado.

 

O Fiat Palio foi lançado no Brasil em 1996 e conseguiu ter mais de três milhões de unidades vendidas. Durante esses anos, o modelo emplacou no segmento de compactos e foi referência no mercado em geral.

Em 2014, por exemplo, o Palio superou o então imbatível Volkswagen Gol e fechou aquele ano como o carro mais vendido do Brasil, com 160.784 unidades emplacadas,  contra 159.207 do VW.

 

Na prática, o Palio teve apenas duas gerações. A primeira durou praticamente durante toda a vida do carro e teve cinco facelifts; o terceiro modelo reestilizado em 2004 seguiu sua trajetória como Palio Fire. A primeira versão do Palio deu origem à Strada, Siena e Weekend. Já a segunda geração surgiu no final de 2011, com visual mais moderno e novos recursos, e deu origem ao Grand Siena. Sem contar o fenômeno “Adventure”.

 

Com o desaparecimento do Palio, a Fiat passa a contar com quatro hatches: Mobi, Uno, Argo e 500. 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español