Ultima Hora

Fim de papo: VW e Renault não farão mais em conjunto carro elétrico acessível

Compartilhe!

Há várias semanas circulavam nos bastidores da indústria automotiva o boato de que uma parceria entre Renault e Volkswagen estava se formando, para a produção em conjunto de um carro elétrico barato. Pois a história se confirmou e já teve um desfecho: não haverá esse carro.

da Redação

A Volkswagen está tendo alguns problemas com o seu plano de eletrificação, ois seus custos não conseguem enfrentar os dos chineses, e embora não tenham desistido dos elétricos, tudo indica que vão encarar este processo de maneira menos ambiciosa e um pouco menos dispendiosa em termos financeiros. Isso é natural e faz parte da passagem dos motores a combustão para os elétricos. Algumas informações das últimas semanas sinalizavam que o Grupo Volkswagen mantinha reuniões de alto nível com a Renault e colocava em discussão a possível colaboração entre as duas empresas para criar carros elétricos acessíveis à maioria da população. Agora, de acordo com o Automotive News Europe, a Volkswagen poderia ter abandonado estas negociações com a Renault depois de não ter conseguido chegar a um acordo.

Como já se sabe, a Renault está desenvolvendo uma versão elétrica do Renault Twingo, que será muito mais acessível que o recém apresentado Renault 5 . Aparentemente, o fim das negociações significa que a Volkswagen teria que encontrar outro parceiro ou enfrentaria a eletrificação acessível de forma totalmente unilateral.

Embora as marcas se recusem a comentar, a Automotive News Europe diz ter fontes confiáveis e familiarizadas com esta situação. Esta colaboração entre a Volkswagen e a Renault procurava dividir os custos de trabalho e desenvolvimento de uma nova geração de modelos totalmente elétricos, de pequeno porte e acessíveis, que é o que falta para os elétricos se popularizarem em definitivo.

Embora algumas fontes do ANE tenham confirmado que durante os últimos meses ambas as empresas estiveram prestes a chegar a um acordo benéfico para ambas as partes, as negociações não terminaram em definitivo, porque a Volkswagen poderia ter abandonado a conversa e decidido unilateralmente desenvolver este modelo popular por sua própria conta e risco.

O chefão da Renault, Luca de Meo, confirmou no recente Salão de Genebra, em fevereiro, que a montadora francesa estava em negociações com a VW para fazer parceria na fabricação de um modelo 100% elétrico acessível para a Europa, mas nessas mesmas declarações De Meo também disse que estava conversando com outros potenciais parceiros, sem identificar quem.

Enquanto a Renault planeja lançar em 2026 um pequeno carro elétrico com o nome Twingo, com um preço que ficaria abaixo dos US$ 22 mil, a marca alemã Volkswagen estaria fazendo o mesmo com um modelo que ficaria posicionado abaixo do ID 2 .


Compartilhe!
1718295809