Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

“FLECHAS DE PRATA“ NA PISTA, MAS COM LEWIS E ROSBERG

Compartilhe!

lewishamilton_nicorosberg_div

Se há uma marca que marcou a história do mundo da Fórmula 1, esta foi a Mercedes com suas lendária “Flechas de Prata“. Juan Manuel Fangio e Richard Seaman que o digam pelas proezas e títulos mundiais que conquistaram no passado quando os pilotos eram o mais importante. Hoje, não passam de meros jogadores de videogame.

Antes do GP da Alemanha, que será disputado neste final de semana, os atuais pilotos da equipe germânica  Nico Rosberg e Lewis Hamilton andaram no lendário traçado de Nordschleife e pilotam com carros vencedores de Fangio e Seaman, os Mercedes W196 e Mercedes W154, respectivamente.

lewishamilton_nicorosberg_div2

Hamilton e Rosberg  guiaram os clássicos “Flechas de Prata” no lendário traçado de Nordschleife, conhecido como “Inferno Verde”, por cortar uma floresta. Este traçado possui mais de 20 km de extensão e é cerca de quatro vezes maior que a parte do circuito que recebe a Fórmula 1 atualmente. Durante o ano, ele fica aberto ao público, que tem a tradição de fazer pinturas no asfalto.

nicorosberg_mercedes_div3

O alemão Rosberg teve o privilégio de pilotar o Mercedes W196, com o qual o argentino Juan Manuel Fangio triunfou no circuito em 1954 e faturou dois de seus cinco títulos mundiais na categoria. Já o britânico Lewis dirigiu o Mercedes W154, vencedor nesta pista nas mãos do compatriota Richard Seaman em 1938, no Campeonato Europeu de Automobilismo, precursor da F-1.

lewishamilton_mercedes_div2

A Mercedes tem uma estreita ligação com o traçado de Nordschleife.  Foi lá que em junho de 1934 surgiu a tradição de chamar os carros da montadora alemã de “Flechas de Prata”. Na ocasião, mecânicos viraram a noite para retirar a tinta branca da Mercedes-Benz W25, para o carro não exceder o peso máximo permitido para a Corrida Internacional de Eifel, deixando o bólido na cor prateada da lataria. No dia seguinte, Manfred von Brauchitsch faturou a corrida de estreia da máquina, dando início à mítica.

Jorge Finardi Filho


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español