Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

FORD GT DE 1723 CV É O MAIS RÁPIDO DO PLANETA

Compartilhe!

03JAN2013-Ford GT_01

 

Um Ford GT de 1.723 cv, preparado pela Performance Power Racing, foi certificado como o carro mais rápido do mundo homologado para uso em rua. O modelo chegou à velocidade máxima de 453 km/h partindo da imobilidade em um percurso de uma milha (1,6 km), e com isso entrou para o livro dos recordes, o Guinness Book. A avaliação aconteceu no Complexo Espacial da NASA, nos Estados Unidos, e pode ser vista neste vídeo: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=7ODBL2r0vwA

 

Um dos avanços que permitiram ao Ford GT -a recriação do GT40- alcançar esse resutado foi o uso de uma nova liga de alumínio capaz de suportar altíssimas temperaturas, chamada Pandalloy. Fruto de parceria das empresas Performance Power Racing e Pratt & Whitney, o material foi produzido com base em tecnologia aeroespacial e desenvolvido especialmente para o Ford GT conquistar o recorde mundial. 

03JAN2013-Ford GT_02 (2)

“As corridas de automóveis têm sido um campo perfeito para a aplicação de algumas das novas tecnologias que estamos desenvolvendo para o mercado. O projeto Pandalloy é um exemplo muito empolgante. Essas novas ligas de alumínio são muito superiores às que existem hoje no mercado e estamos entusiasmados em ver até onde poderemos levar os limites de desempenho e eficiência, com impacto positivo no mundo. Nós quebrarmos recordes para provar que esses sistemas e projetos realmente têm uma função e podem ser aplicados em veículos de todos os tipos”, diz Johnny Bohmer, proprietário da Performance Power Racing. Com o resultado do Ford GT, a Performance Power provou que a tecnologia aeroespacial pode ser efetivamente usada em veículos para aumentar a economia de combustível e reduzir as emissões de CO2.

“Toda a nossa equipe trabalhou muito para esse resultado e estamos orgulhosos por ajudar a colocar o Ford GT no livro dos recordes como o carro de rua mais rápido do mundo”, completou Bohmer. “Quando a NASA nos permitiu o acesso a uma parte de suas instalações, tivemos oportunidade de explorar essas tecnologias e compartilhar seus benefícios. Esse projeto reúne uma quantidade enorme de pesquisas e estamos apenas na superfície de onde podemos chegar com a sua aplicação”.

03JAN2013-Ford GT_03 (2)

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español