Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Ford tira dos automóveis para investir em SUVs e elétricos

Compartilhe!

A Ford anunciou um plano estratégico que integra um corte de US$ 14 bilhões de de custos e a canalização de parte dos fundos atualmente previstos para o desenvolvimento de modelos convencionais para os mais lucrativos SUVs.

 

Esta nova estratégia provocará a redução da linha de automóveis convencionais, com a descontinuidade de alguns modelos, em especial nos Estados Unidos.

Dos US$ 14 bilhões de cortes anunciado, US$ 4 bilhões serão em custos de engenharia e US$ 10 bilhões na diminuição de despesas com materiais. O objetivo é aumentar em dois pontos a margem de negócio, que está hoje em torno dos 6% e liberar fundos para investir na eletrificação e em sistemas de condução autônoma.

As versões e configurações possíveis dos atuais modelos de automóveis serão simplificadas para melhorar a eficiência industrial. Além disso, serão desviados cerca de US$ 7 bilhões que estavam destinados ao desenvolvimento de novos automóveis para o lançamento de novos SUVs e pickups, incluindo a nova Ranger, que chegará ao mercado em 2018, e o novo Bronco, que será lançado dois anos mais tarde. Entre os projetos anunciados está um futuro SUV 100% elétrico.

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *