Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Ford vai demitir 7000 funcionários até agosto

Compartilhe!

A Ford anunciou o corte, até o final de agosto, de 7.000 empregos em nível mundial, para conseguir economizar e adaptar-se ao declínio de vendas de alguns modelos, em particular nos Estados Unidos.

O fabricante norte-americano não divulgou detalhes sobre as demissões, mas o total de 7.000 corresponde a 10% do total de trabalhadores da empresa. A marca havia anunciado em fevereiro último que estava abandonando o negócio de caminhões na América do Sul e que por isso vai fechar este ano sua fábrica em São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista. A unidade, que produz também o Fiesta, emprega cerca de 3 mil funcionários. Não ficou claro se serão 7.000 demissões já incluindo o pessoal do ABC, ou se serão mais 7.000 vagas fechadas, o que elevaria o número para cerca de 10.000.

Com o corte anunciado, a Ford “pretende alcançar economia anual de cerca de US$ 600 milhões de dólares”, explicou um executivo da marca. Os postos de trabalho que serão eliminados envolvem saídas voluntárias e demissões, adiantou.

Cerca de 800 empregos serão cortados nos Estados Unidos, Canadá e México, 500 dos quais já esta semana, informou o porta-voz. Este número se soma ao de 1.500 empregados que deixaram o Grupo nos últimos meses na região, mas por meio de saídas voluntárias.

As medidas para economizar também vão afetar a Europa, China e América do Sul. “Ainda não temos detalhes precisos para cada uma destas regiões, porque a reestruturação está sendo feita, mas só termina no fim de agosto”, acrescentou a mesma fonte. “Compreendemos que este é um momento difícil para as nossas equipes, mas as medidas são necessárias para recolocar a Ford no caminho do sucesso e preparar a empresa para o futuro”.

As medidas de austeridade fazem parte de um vasto plano de reestruturação anunciado recentemente pelo presidente executivo, Jim Hackett, para economizar US$ 11 bilhões e fazer da Ford um grupo mais “ágil” com decisões e mudanças de rumo mais rápidas.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *