Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Fórmula 1 terá piloto de 17 anos

Compartilhe!

imagesCA4EC29J

A máxima de que “o que vale é a experiência”, não tem mais aplicação na Fórmula 1 atual. Há 15, uma onda de protesto pretendia impedir o então jovem Kimi Räikkönen de estrear na Fórmula 1. Afinal, ele só tinha “20 anos”. Hoje, Max Verstappen prepara-se para ser o piloto mais jovem de todos os tempos a chegar à Fórmula 1. Em sua primeira prova terá 17 anos, e ninguém achou isso estranho até agora.

Max Verstappen, holandês, hoje ainda com 16 anos, terá 17 quando estrear com a Scuderia Toro Rosso no GP da Austrália de 2015. Uma ascensão meteórica, carreira que saltou direto do kart para a Fórmula 1, com algumas poucas provas de Fórmula 3 pelo caminho.

 Não se discute se ele tem talento ou não, mas sim a pressa com que a Red Bull e Helmut Marko avançaram sobre o filho de Jos Verstappen, quando tudo indicava que ele iria ficar um tempo no programa de desenvolvimento de jovens pilotos da AMG Mercedes Petronas.

No ano de 2000, despontava um certo Kimi Räikkönen, também jovem e talentoso, que tinha vencido metade das corridas que participou da Fórmula Renault inglesa. Mas, na realidade, praticamente não tinha feito corridas feitas com automóveis, pelo menos não o suficiente para alguém considerar que estava apto para estrear com a Sauber F1 em 2001.

Levantou-se um coro de protestos, entre jornalistas, comentaristas, invejosos, pilotos e o próprio presidente da FIA (Max Mosley, na época), todos contra a atribuição da superlicença ao finlandês. Martin Brundle, ex-piloto e hoje comentarista de Fórmula 1 num canal de TV do Reino Unido, chegou a afirmar que “se ele matar alguém n pista, a culpa vai ser de quem lhe atribuiu a superlicença”. Não só Kimi Räikkönen nunca feriu ou matou ninguém, como foi campeão do mundo de Fórmula 1, correu pela Ferrari, saiu para fazer ralis, voltou para correr com a Lotus e hoje está outra vez na Ferrari. E estreou-se mesmo em 2001, no GP da Austrália em que Fernando Alonso, aos 19 anos, se tornava o mais jovem de todos os tempos na F-1. E Räikkönen até conquistou o seu primeiro ponto, apesar de alguns mecânicos da Sauber terem tido necessidade de ir ao motorhome da equipe acordá-lo meia hora antes da corrida, porque tinha cochilado.

Agora a Red Bull confirma Max Verstappen na Toro Rosso para 2015, no lugar de Jean-Éric Vergne, e ninguém reclama. Só protestam os jornalistas espanhóis, indignados por acharem que quem merecia o lugar era Carlos Sainz Jr. Por que razão terá a Red Bull decidido assinar com o jovem Max, que tem ainda menos experiência? A explicação estará na urgência de descobrir um “novo” Vettel. Há muitos rumores de que o tetracampeão poderá trocar a RBR pela Ferrari, e Daniel Ricciardo está dandoconta do recado da “sucessão” do campeão.

Helmut Marko acredita ter descoberto um futuro multião de Fórmula 1. Max Verstappen é rápido em piso seco, com um Fórmula 3, e muito bom em piso molhado. Esta contratação surpresa (há menos de duas semanas a família Verstappen tinha recusado fazer parte do programa de desenvolvimento Red Bull Junior Team para ficar com a Mercedes) pode abrir caminho para algo que não é frequente acontecer na Red Bull/Toro Rosso: o jovem holandês pode estar presente em várias sessões de treinos livres nas sexta-feiras de GP.

Nas próximas semanas a Red Bull deve, igualmente, se posicionar sobre o futuro de Carlos Sainz Jr., existindo a possibilidade de comprarem uma vaga na Caterham para 2015, embora isso deva custar muito caro por existirem vários candidatos ao mesmo posto. Independentemente disso, Max Versappen será o mais jovem piloto a correr na F-1. Resta saber quais outros recordes poderá bater ao longo da sua (talvez longa) carreira na categoria.

OS MAIS JOVENS PILOTOS DA FÓRMULA 1

(Em 2015) – Max Verstappen – 17 anos, 164 dias

2009 – Jaime Alguersuari – 19 anos, 125 dias

1980 – Mike Thackwell – 19 anos, 182 dias

1961 – Ricardo Rodriguez – 19 anos, 208 dias

2001 – Fernando Alonso – 19 anos, 218 dias

1998 – Esteban Tuero – 19 anos, 320 dias

1963 – Chris Amon – 19 anos, 324 dias

2014 – Daniil Kvyat – 19 anos, 324 dias

2007 – Sebastian Vettel – 19 anos, 349 dias

1978 – Eddie Cheever – 20 anos, 53 dias

2000 – Jenson Button – 20 anos, 53 dias


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español