Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

FÓRMULA FORD 1.0 BATE RECORDE

Compartilhe!

A longa pista de Nurburgring se tornou referência entre os carros rápidos, sendo usada como tira-teima extra-oficial para quem quer mostrar desempenho. Agora foi a vez da divisão alemã da Ford, que resolveu entrar na brincadeira e instalou um motor 1.0 num carro de Fórmula Ford Ford atual, no lugar do habitual motor 1.6 Ecoboost. Porém, não foi uma versão normal do 1,0, e sim com uma unidade 205 cv.

Em todo caso, este acréscimo de potência –lembrando que é um motor de apenas 3 cilindros com  1.0 litros de cilindrada– para os 205 cv revela a enorme flexibilidade, confiabilidade e robustez do motor da Ford, provando que a marca poderá criar um esportivo a partir do motor 1.0 Ecoboost.

Com este motor e a  dirigibilidade do Fórmula Ford, a velocidade máxima é de 255 km/h e a aceleração de zero a 100 km/h inferior a 4 segundos, com consumo ridiculamente baixo: a 56 km/h faz cerca de 25 km/litro, que passa a 20 km/litro a 120 km/h.

O teste foi tão bem sucedido que o grupo de engenheiros que criou este modelo, desenvolveu em paralelo uma versão do Fórmula Ford 1.0 Ecobost homologada para andar em rua graças à aplicação de faróis, espelhos laterais, pára-lamas e buzina.

Contas feitas, o modelo fez a a melhor volta (nos 20,8 quilômetros) do “Inferno Verde” do Nurburgring em 7m22.00s, o 11º melhor tempo de todos os tempos na pista alemã, batendo modelos como a Ferrari Enzo, Nissan GTR, Pagani Zonda F e o Porsche 911 GT2 RS, empatando com o Porsche Carrera GT. 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español