Fraude, escândalo, prejuízo… e cai o chefão da Volkswagen

Compartilhe!

O presidente do Grupo VW pediu demissão. A notícia é oficial: Martin Winterkorn pediu as contas devido ao escândalo da fraude das emissões poluentes com motores diesel da marca nos Estados Unidos.

winterkorntongue

O chefão acabou de pedir formalmente seu afastamento da empresa. Martin Winterkorn não resistiu ao “dieselgate”, afirmando, em comunicado oficial que, “enquanto CEO, aceito a responsabilidade pelas irregularidades que foram encontradas nos motores diesel e, como tal, solicitei ao Conselho de Administração, acordar o encerramento das minhas funções como CEO do Grupo VW. Faço-o no interesse da empresa, ainda que entenda que não tenha feito pessoalmente nada de errado”.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español