GM E HONDA JUNTAS NA TECNOLOGIA DE CELULAS DE COMBUSTÍVEL

Compartilhe!

parceria-gm-e-honda

A  General Motors e Honda chegaram a um acordo comum para o desenvolvimento e criação de células de combustível e tecnologias de armazenamento de hidrogênio. O acordo entre as duas empresas dura até 2020. As duas gigantes da área de automóveis irão compartilhar conhecimentos, economias de escala e fornecedores de peças. Além disso, também vão trabalhar para criar uma infraestrutura de reabastecimento de hidrogênio.

gmhonda_1

“Esse acordo baseia-se na liderança da Honda e da GM em termos de tecnologia de células de combustível de hidrogênio. Estamos convencidos que é o melhor caminho para desenvolver esta importante tecnologia, que tem o potencial de ajudar a reduzir a dependência do petróleo e estabelecer a mobilidade sustentável”, explicou Dan Akerson, presidente e CEO da GM.

1323781662308_39

A GM e a Honda detêm em conjunto 1200 patentes de tecnologia de células de combustível, o que torna as empresas líderes na indústria automóvel, de acordo com o Clean Energy Patent Growth Index. As duas empresas acreditam que os veículos de emissões zero têm um futuro e que a utilização exclusiva de baterias não é necessariamente a melhor opção a longo prazo. As células de combustível oferecem uma melhor autonomia do que as baterias e têm um reabastecimento mais rápido.

As duas  empresas têm experiência em veículos de células de combustível. A GM construiu uma frota de 119 carros de teste de células de combustível que percorreram três milhões de milhas de testes (cerca de 4.8 milhões de km). A Honda aluga o modelo FXC a compradores desde 2002 e tem 85 unidades rodando. A marca está trabalhando no sucessor do FCX que deverá estar pronto em 2015.

Marcos Cesar

 


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español