Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Grand Wagoneer: o maior e mais luxuoso Jeep de todos os tempos, chega em 2021

Compartilhe!

Apesar de ter pouco de concept, o novo Jeep Grand Wagoneer foi apresentado como um protótipo, mas será ele o novo top de linha da marca norte-americana.

Jeep Grand Wagoneer concept

O nome Grand Wagoneer é histórico dentro da Jeep. O original, chamado só de Wagoneer, surgiu em 1962 (era a geração SJ) e foi um dos precursores dos SUV premium ou de luxo dos nossos dias; antecipou-se ao Range Rover em oito anos.

O SJ ficou em produção durante 29 anos, e nunca parou de evoluir , ganhando o prefixo Grand em 1984, que foi mantido até 1991, o fim da sua produção. O nome regressou brevemente, por apenas um ano (em 1993) como numa versão do Grand Cherokee.

Desde então, o top de linha dos Jeep tem sido o Grand Cherokee. Mas não será mais assim . O Grand Wagoneer assumirá essa função. Foi antecipado pela FCA com este concept que, na verdade, de conceito tem muito pouco, sendo um modelo de produção com maquiagem adicional e rodas de 24 polegadas.

Jeep Grand Wagoneer concept

Ao contrário do novo Grand Cherokee, previsto também em 2021, o novo Grand Wagoneer não terá carroceria monobloco. Será montado em tradicional chassi, de longarinas e travessas, herdado da robusta Ram pick-up. Por isso, não admira aparentar ser enorme nas suas dimensões.

Interior do Grand Wagoneer

A Jeep diz que o modelo de produção terá à escolha três sistemas de tração nas quatro rodas, suspensão independente nos dois eixos, e suspensão pneumática Quadra-Lift. Sendo um Jeep, mesmo que de muito luxo, as capacidades fora de estrada não foram esquecidas e prevê-se que seja muito eficiente, como a marca sugere.

The Jeep Grand Wagoneer Concept Has Seven Huge Screens Inside

A marca norte-americana não adiantou muitas especificações técnicas, afirmando apenas que este concept é eletrificado, tratando-se de um híbrido plug-in.

Pela primeira vez na sua história, o Grand Wagoneer terá capacidade para até sete lugares e, apesar da base mais “utilitária” onde é montado, o objetivo da Jeep para o Grand Wagoneer é claro, ser a referência de SUV premium no mercado.

Jeep Grand Wagoneer concept

E parece estar na direção certa. As suas formas são inegavelmente Jeep, com detalhes que lembram os Wagoneer e Grand Wagoneer de antigamete, mas apresentam um nível de sofisticação e características que não estamos habituados a ver na marca norte-americana.

Iluminação dianteira

O mesmo podemos dizer do interior, que parece ter os mesmos níveis de requinte e sofisticação de um sedã de luxo atual, onde se observa uma aprimorada combinação de materiais e elementos tecnológicos, onde se incluem telas, muitas telas digitais. ecrãs.

Botão de arranque

São sete no total -e todos elas generosas em dimensão- as telas que podemos ver no interior deste Grand Wagoneer concept (será que chegarão todos ao modelo de produção?). Irão trabalhar com o sistema UConnect 5 que a Jeep diz ser cinco vezes mais rápido que o UConnect 4. O console tem duas generosas telas —que lembram o sistema Touch Pro Duo do Range Rover)—, e até o passageiro dianteiro tem uma tela à sua.

Destaque ainda para a presença de um sistema de da McIntosh, com 23 alto-falantes.

Por enquanto, este novo Jeep tem presença garantida apenas no mercado norte-americano, com chegada programada já para 2021. Nada foi avançado sobre uma possível comercialização deste SUV em outros mercados.

Entre os seus potenciais rivais teremos o Range Rover, mas os seus rivais domésticos são mais fáceis de identificar. O Wagoneer terá como alvos o Ford Expedition e o Chevrolet Tahoe, enquanto a versão mais luxuosa do Grand Wagoneer terá na mira o líder de segmento Cadillac Escalade e Lincoln Navigator, todos eles também derivados dos chassis das grandes e populares picapes norte-americanas.


New Jeep Wagoneer, Grand Wagoneer Poised for Range-Topping Luxury


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *