Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Há 120 anos: Renault nasceu de uma aposta no Natal…

Compartilhe!

Paris, dia 24 de dezembro de 1898, véspera de Natal. Em Montmartre, pitoresco bairro parisiense, situado numa colina da capital francesa, um grupo de amigos se reuniu no início da rua Lepic, uma ladeira bastante inclinada, onde já moraram vários artistas (Van Gogh, por exemplo) e onde, hoje em dia, se pode beber saborear uma bebida no Café des 2 Moulins, que ficou famoso no cinema.

 

A razão para tal reunião foi o pequeno veículo que um desses jovens, chamado Louis Renault, acabara de construir num galpão no fundo do quintal da casa dos pais.

Filho de uma família abastada, o jovem Louis interessou-se logo cedo pela mecânica, tendo construído a sua própria máquina fotográfica aos 10 anos de idade! Mais tarde comprou um De Dion Bouton, desmontando-o e montando várias vezes até conhecer todos os segredos da mecânica de um automóvel.

Na véspera de Natal de 1898, Louis Renault apostou com os amigos presentes, que conseguiria subir a rua Lepic com a pequena “Voiturette” que construiu. O carrinho, equipado com uma inovadora caixa de câmbio, lançou-se rua acima com até alguma facilidade. A aposta foi ganha e com ela surgira as primeiras encomendas.

Seguiram-se  120 anos de sucessos e fracassos, de desafios e de inúmeras inovações.

Hoje em dia, a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi é um dos principais grupos automotivos em nível mundial, com mais de 10 milhões de veículos vendidos e com várias fábricas espalhadas pelo mundo, Brasil incluído (Renault Cacia). E saber que tudo começou com uma aposta na véspera de Natal.

 


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *