Há 20 anos: como surgiu o Porsche Cayenne

Compartilhe!

‎O Porsche Cayenne ‎‎completou agora em 2022 exatos 20 anos‎‎, e para marcar a data tão importante para a marca alemã, a Porsche lembrou como foi o desenvolvimento de seu primeiro SUV. Para isso, contou a história do processo de projeto e desenho do Cayenne de primeira geração, que era apelidado de “Colorado”.‎

da Redação

‎Projetar aquele que se tornaria o primeiro modelo de produção de quatro portas da Porsche foi difícil, porque o Cayenne teve que incorporar elementos de estilo familiares dos carros Porsche em uma forma de carroceria completamente diferente; saiu de um esportivo para um jipe.‎

‎Por exemplo, os desenhistas queriam elevar os extremos dos para-lamas dianteiros para que eles se posicionassem mais altos do que o capô, como acontecia no então atual 996 911. Mas o capô em si tinha que ser bem alto também, para acomodar o motor V8 do Cayenne. Adaptar a forma do farol do 996 no Cayenne também foi um desafio, levando um ano para ser concluído, explicou a Porsche.‎

‎Com verba bastante limitados para o desenvolvimento de novos veículos, a Porsche originalmente planejava basear o Cayenne na ‎‎Mercedes-Benz Classe M por meio de um acordo‎‎, mas acabou por ter “entrelaçado” seu SUV com o Volkswagen Touareg. Assim, Cayenne e Touareg de primeira geração compartilhavam o para-brisas e portas, esta última dificultando o trabalho dos desenhistas para diferenciar o Porsche do VW.‎

‎”É fácil subestimar o quanto as portas definem ou não a lateral do carro”, disse Michael Mauer, atual chefe de desenho da Porsche, que trabalhou no facelift de 2007 do Cayenne, em um comunicado. “Atrás da porta traseira temos talvez outro metro, e apenas um pouco mais na frente, então não há muito espaço para fazer qualquer coisa”.‎

‎O interior também era composto em grande parte por componentes da Volkswagen. Embora isso economizasse dinheiro, também significava comprometer uma marca registrada -a exclusividade!- da Porsche. O Cayenne de primeira geração não tinha o conta-giros central da Porsche. Isso teria exigido a concepção de um painel de instrumentos sob medida a um custo proibitivo. A partida com chave pelo menos foi colocada à esquerda do volante.‎

‎Embora alguma influência da VW fosse visível, os compradores não pareciam se importar com isso. O Cayenne foi um grande sucesso que trouxe estabilidade financeira. Resumindo: os SUVs salvaram a marca.‎

O Porsche Cayenne 2002.

‎A atual ‎‎terceira geração do Cayenne‎‎ compartilha a plataforma MLB do Grupo Volkswagen com uma série de outros SUVs de luxo do Grupo VW, incluindo o Audi Q8, Bentley Bentayga e Lamborghini Urus, mas cada um tem uma personalidade distinta e estilos diferentes.‎‎


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español