Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Há 70 anos, britânicos devolveram a Volkswagen para os alemães

Compartilhe!

A história de sucesso da Volkswagen começou a ser escrita há exatos 70 anos. Foi no  dia 8 de outubro de 1949 que o governo militar britânico devolveu à República Federal da Alemanha os bens do Estado alemão, entre os quais a fábrica da Volkswagen em Wolfsburg.

A  fábrica, fundada em 1937 pelo regime nazista de Adolf Hitler, foi fortemente bombardeada durante a II Grande Guerra e, no final do conflito mundial, em 1945, passou para administração britânica, que a salvou da demolição. A primeira ideia foi usá-la para a manutenção de veículos militares pesados. No entanto, o major britânico Ivan Hirst, acabou por dar-lhe destino diferente.

O governo alemão acabou por passar este importante bem para o Estado da Baixa Saxônia e criou uma empresa pública para gerir a fábrica.

Os britânicos tinham lançado assim as bases essenciais para o sucesso global do Fusca e da própria Volkswagen quando transferiram a Volkswagenwerk GmbH e a fábrica de Wolfsburg para as mãos da Alemanha precisamente em 8 de outubro de 1949, ou seja, há 70 anos.

Como empresa sob gestão militar britânica, a marca conseguiu posição de destaque na emergente sociedade alemã, e o Volkswagen -o Carro do Povo idealizado pelo regime nazista- era o carro mais vendido na Alemanha, tendo abocanhado 50% do mercado. A empresa estava criando  uma rede de revendedoras e implantou até um inovador seguro específico para os clientes Volkswagen.

Desta forma, a marca alemã acabou por se tornar um dos símbolos da reconstrução da Alemanha Ocidental e do milagre econômico daquele país. O resto da história todos sabem de cor.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *