Há 90 anos, morreu o revolucionário Ford T…

Compartilhe!

Há 90 anos o Ford Model T deixou de ser produzido. Isso mesmo. Foi há nove décadas que um dos carros mais importantes da história do automóvel e dos mais marcantes no século XX foi descontinuado. O Ford Model T foi o primeiro modelo de produção em grande série e mudou a trajetória do mundo a partir de suas quatro rodas.

A história do Ford Model T confunde-se com a própria história da indústria automotiva. Embora não tenha sido o primeiro carro do mundo moderno –o pioneiro foi o Motorwagen, de Carl Benz– o Model T, lançado em 1909, acabou sendo o responsável por acelerar a inserção do automóvel na vida das pessoas. Até então, o carro era considerado como um produto de luxo na sociedade norte-americana durante os primeiros 25 anos do século XX.

Por meio da simplificação de processos de produção (linha de montagem…), recursos e da auto-suficiência da fábrica em Highland Park, Michigan, os baixos custos de produção permitiram à Ford oferecer um veículo eficiente e relativamente acessível.

Em 1915, maioria dos exemplares era pintada de preto, cor mais barata e de secagem rápida. Daí a célebre frase de Henry Ford: “O Modelo T pode ser comprado em qualquer cor, desde que seja preto”.

Os primeiros Ford T pesavam pouco mais de 500 kg e estavam equipados com motor 2.9 de 4 cilindros em linha, acoplado a uma caixa de câmbio de duas velocidades, com cerca de 20 cv de potência (tração traseira). Números que não surpreendem hoje em dia, mas suficientes para levar o carrinho aos 70 km/h. O consumo médio estava na faixa dos 6 km/litro.

1914-Ford-Model-T

O chassi era constituído por uma estrutura de longarinas em “U” e a suspensão era de eixo rígido (à frente e atrás), sem amortecedores. A suspensão era com um feixe de molas transversal em cada eixo.
FordModelTChassis_1.jpg851f2257-44dd-44c4-9272-8df96e9fdf8fOriginal

Quando foi lançado, o Ford Model T  custava US$ 825 (cerca de US$ 22 mil hoje). Em 1925, o preço final já tinha baixado para US$ 260, e a produção excedia os 2 milhões de unidades.

Ao longo dos anos, o Model T assumiu várias formas e dezenas de carrocerias diferentes. E no dia 26 de maio de 1927, quase duas décadas depois do inicio da produção, o Ford Model T deixou de ser produzido. Naquele ano, a marca vendeu menos de 500 mil carros. O Ford Model T foi substituído pelo Model A, que embora tenha tido um sucesso inicial, não teve nem de longe o impacto do seu antecessor.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *