Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Honda: “airbag assassino” causa sétima morte

Compartilhe!

Pior que não ter airbag, é ter um que não funcione direito. Ou funcione quando não deve.  A Honda está envolvida em várias mortes por conta de defeitos nesse equipamento. Agora a marca contabilizou mais uma morte à explosão de um airbag, elevando o total de fatalidades para sete, o que já obrigou o recall de milhões de veículos. Isso significa também milhões de dólares de prejuízo, reparos, indenizações…

20141114130554708018o

O fabricante confirmou hoje (15/06) que uma mulher morreu em Louisiana, Estados Unidos, em abril, depois que o mecanismo do seu Honda Civic 2005, disparou sozinho, projetando fragmentos metálicos na sua direção. A confirmação veio depois que a filial da Honda nos Estados Unidos informou na última sexta-feira. a NHTSA (National Highway Traffic Safety Administration) da morte da mulher.

A notícia agrava ainda mais a crise da Honda e do fabricante dos airbags, a empresa japonesa Takata, que no mês passado obrigou que quase 34 milhões de veículos fossem chamados num recall feito em vários mercados.

A Honda, que esta semana vai nomear um novo presidente, é a marca mais afetada por este recall, que também atingiu a Toyota, Nissan, Ford, General Motors e BMW.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español