Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Hyundai cria o novo Tucson para ganhar mercado

Compartilhe!

O novo Tucson, substituto do Hyundai iX35, recupera um nome importante dentro da marca e pretende dar novo fôlego à linha de SUVs dos coreanos, chegando com estilo muito mais agradável e mais ao gosto dos clientes europeus.

iUBMEI3Y8

No Brasil o Tucson é vendido desde 2006 (foi lançado em 2004), praticamente na mesma velha versão e sem grandes atrativos diante dos concorrentes. Quando saiu de linha no resto do mundo, em 2010 e passou a ser chamado de iX35, o modelo começou a ser fabricado aqui. E assim é até hoje.

Depois de ter sido retirado do mercado o Tucson original para dar espaço ao iX35, agora se invertem os papéis, regressando o Tucson para tentar que a Hyundai seja mais bem sucedida na Europa nesse segmento e possa ter um produto mais global. Pegando a fita métrica, o Tucson tem 4475 mm de comprimento, 1850 mm de largura e 1645 mm de altura, maior em todas as dimensões que o iX35.

E mais, o Tucson ressurge com estilo bem diferente, mais ousado e típico de um SUV, sendo uma enorme evolução diante do iX35. Destaque para a nova grade dianteira, os faróis e estilo que se assemelha ao irmão maior Santa Fé.

Para mover o Tucson, a Hyundai escolheu dois motores a gasolina e três diesel, todos cumpridores das normas Euro6. O 1.6 a gasolina está disponível nas versões aspirada e turbo, com 135 e 180 cv, respectivamente. Nos diesel temos o 1.7 CRDi com 115 cv e duas versões do 2.0, com 135 e 182 cv. O motor mais potente pode ser equipado com tração integral. Fica a ser definido se o Tucson terá ou não versão híbrida.

O SUV pode receber caixa de câmbio manual de seis velocidades, automática também com seis marchas ou com de sete marchas com dupla embreagem.

O Hyundai Tucson é feito na mesma plataforma do Kia Sportage, o que significa um interior espaçoso e porta-malas generoso, com 513 litros de capacidade, semelhante ao do iX35, mas 83 litros maior que a do Nissan Qashqai, o alvo de todo SUV na Europa. Não haverá versão de sete lugares.

O Tucson para a Europa será produzido na República Tcheca, e para o resto do mundo na Coréia do Sul, incluindo o Brasil.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español