Lada Niva, o russo valente, chega aos 40 anos com série especial

Velho conhecido dos brasileiros, o Lada Niva é um verdadeiro clássico para os adeptos do fora de estrada. O simpático jipinho está comemorando seus 40 anos de valentia com uma edição especial.

Lada-Niva-40º-aniversário-a
Com a simplicidade e robustez típicas de um veículo produzido na antiga União Soviética e a notoriedade que ganhou nos vários mercados onde foi vendido, o Lada Niva 4×4 foi um dos primeiros SUVs compactos do mundo e transformou-se num daqueles raros modelos cult, com uma legião de admiradores, mantendo-se praticamente inalterado desde as suas origens, há 40 anos.

lada-niva-40-anos-1492113124649_v2_900x506

Para comemorar as quatro décadas do Niva, a Lada lançou este ano a série especial “40th Anniversary Edition”, que se destaca sobretudo pela sua cor exterior exclusiva e alguns detalhes no interior, como os bancos e os logos do 40º aniversário.

Lada-Niva-40º-aniversário-c

O projeto do Niva começou em 1971, quando a fabricante russa Auto Vaz decidiu lançar um novo modelo, que unisse a versatilidade de um pequeno carro urbano com as capacidades 4×4 tão utéis num país de invernos rigorosos, com estradas cobertas de neve. Na ideia dos seus criadores, o Niva seria como um Renault 5 montado num chassis de Land Rover. Ou seja, nas palavras de Vladimir Solovyev, que liderava a equipe do projeto, um fora de estrada mais ou menos civilizado.

O desafio era enorme, não apenas pelo estilo inovador do conceito, mas também por se tratar do primeiro veículo original da marca, que até aí produzia sob licença, modelos Fiat destinados aos países de leste europeu. Quem observar o desenho do Niva, vai identificar um Fiat 147 em escala maior.

A base do Niva era a de um Fiat 124, mas a carroceria, suspensão dianteira e sistema de tração integral permanente foram desenvolvidos pela Auto Vaz. O primeiro protótipo ficou pronto em 1971, ainda sem portas e sem o teto rígido, e teve sequencia com um modelo de pré-série, já muito próximo da versão de produção, apresentada em 1973.

hqdefault

Para um veículo de passageiros destinado à utilização no dia-a-dia, o Niva mostrou nos teste realizados surpreendentes capacidades off road, com ângulo de ataque de 58 graus, e capacidades para atravessar cursos de água com até 60 cm e percursos em neve com até 1 metro de altura. Em 1977, seis anos depois do início do projeto, o primeiro Niva, com a sua carroceria hatch, entrava finalmente em produção

O motor de quatro cilindros a gasolina e 1568 cm3 era de origem Fiat, com potência máxima de 72 cv e torque de 12 mkgf, associado a uma caixa de câmbio manual de quatro cinco velocidades e sistema de tração integral permanente, com três diferenciais (central, dianteiro e traseiro). Atingia a velocidade máxima de 130 km/h e fazia 12 km/litro.

Com o passar dos anos, o Niva foi sofrendo atualizações. Em 1985, a caixa passou a ter cinco velocidades e em 1994 o Niva foi alvo de um facelift exterior, ganhando interior completamente redesenhado e novo motor 1.7 de 83 cv, mantendo-se fiel à configuração do quatro cilindros a.

Tags:

 

Sobre o Autor

Mais posts por | Visite o site de RICARDO CARUSO