LANÇAMENTO: as novidades do VW Up 2018

Com apenas três anos de Brasil, o Up foi renovado pela Volkswagen. Renovado e promovido em posicionamento de mercado e preços. Até agora ele era o carro de entrada da marca, posição que volta a ser ocupada pelo Gol, ficando o Up posicionado como  compacto premium, ou seja, melhor acabado e mais caro.

por Marcos Cesar Silva

20170418_111742

Para isso, o Up 2018 mudou levemente por fora e por dentro, ganhou novos equipamentos e perdeu algumas versões. Desaparece a carroceria de duas portas, e as versões High e Cross com motor aspirado não estão mais disponíveis, sendo todas agora turbo TSI. Também deram adeus o Up Track, o Speed Up e os Black/Red/White Up. Mas em compensação chega o Up Connect.

20170418_110253

O visual segue as mudanças já aplicadas na Europa no ano passado, com destaque para os para-choques mais parrudos, que alongaram o Up em 84 mm mais longo (72 mm na frente e 12 mm na traseira). O estilo dos faróis e lanternas traseiras também foram alterados. Não há mais diferença no para-choque dianteiro entre os modelos turbo e aspirado. Para identificar o TSI, procure pelo friso cromado e vermelho na grade, para-choque dianteiro com parte central pintada de preto e logotipo TSi na coluna central; permanece a tampa traseira preta.

 

 cross up! (1) cross up! (3) cross up! (8)

Por dentro o Up ganhou novo desenho do volante, acabamento do painel, revestimentos e quadro de instrumentos. O conta-giros aumentou de tamanho, e os instrumentos são iluminados por leds, enquanto a telinha digital passa a exibir informações do sistema de áudio e de velocidade. Faróis de neblina que acendem um dos lados em curvas mais fechadas, faróis e limpador de para-brisa com acionamento automático e avisos de porta aberta e de período para revisão são novidades.

NO APLICATIVO

A VW não usa mais o “Maps & More”, tela com GPS, computador de bordo e outras funções, que era montado no painel, um atrativo para os amigos das coisas alheias. Em seu lugar pode ser usado um aplicativo para smartphone (Android e IOS), que permite conectar o celular e o sistema de som (opcional) Composition Phone, que tem tela colorida de 5 polegadas e entradas auxiliar, USB e SD.

cross up! (11)

Como em outros multimídias, a tela do celular passa a ser usada como a tela do sistema de áudio. No GPS, os mapas são atualizados pela TomTom, ficam guardados no smartphone e trazem informações de trânsito.  Dá para usar programas como Waze e Spotify. O interessante programa “Think Blue Trainer” analisa a forma de condução para incentivar a economia de combustível. O aplicativo traz ainda computador de bordo, conta-giros e temperatura do motor.

Apesar de tantas novidades, a Volkswagen esqueceu de pequenos detalhes, como vidros elétricos na traseira, one touch nos vidros dianteiros, ajuste de diatância do volante e ajustes de altura nos cintos dianteiros. O TSI não é disponível com transmissão automatizada (o I-Motion é só para motor aspirado).

high up! (1) high up! (9)

A parte mecânica do Up 2018 não tem novidades. O motor é o mesmo eficiente 1.0 de três cilindros, que pode ser aspirado, com potência máxima de 75/82 cv e torque máximo de 9,7/10,4 mkgf, enquanto o TSI (turbo com injeção direta), tem 101/105 cv e 16,8 mkgf (gasolina/etanol). A versão Move Up TSI ficou mais econômica pelo padrão aplicado pelo Inmetro. Com pneus aro 14, conseguiu números mais favoráveis que o High Up que usa pneus aro 15.

COMO ANDA

Durante a apresentação, rodamos com Move Up TSI equipado com o “pacote” Connect.  Sem nenhuma novidade mecânica, o Up continua agradando pelo bom desempenho, baixíssimo consumo, suspensões e direção elétrica bem calibradas e engates perfeitos do câmbio comando irrepreensível da transmissão manual. A suspensão, contudo, poderia ser mais macia em irregularidades.

O interior -que já era agradável- ficou ainda melhor, com destaque para os bancos, de ergonomia bem cuidada. A mudança no painel também agradou, com os instrumentos mais fáceis de visualizar. Ou seja, o Up evoluiu de forma correta e continua se destacando entre os concorrentes.

Novo up! connect (21)

Com o reposicionamento, além das novidades também os preços evoluíram. O carro de entrada é o  Take Up, incluindo opcionais como ar-condicionado, vidros e travas elétricas e direção com assistência elétrica. Na outra extremidade fica o High Up TSI, que sai por R$ 57,1 mil. Com opcionais como bancos de couro sintético e som, salta para R$ 60,7 mil. Afinal, estamos falando de um carro realmente premium.

Versões e preços

Take Up aspirado (R$ 38 mil) – Banco do motorista com regulagem de altura, chave tipo canivete, fixação Isofix para cadeirinha infantil, freios ABS com EBD, lavador/limpador/desembaçador do vidro traseiro, rodas de aço aro 14. Passa a ter iluminação no porta-malas, relógio digital e suporte para celular com conexão USB para recarga.

Opcional: “pacote” Take Completo (ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros e travas elétricas, direção com assistência elétrica e volante com ajuste de altura.

Move Up aspirado (R$ 48.290) e Move Up TSI (R$ 52.790) – Acrescenta ao Take Up, o “pacote” Take Completo, controle de tração (no TSI) e sistema de áudio Composition. Ganhoupara 2018  computador de bordo, faróis de neblina, iluminação ambiente no painel (TSI), para-sol com espelho, retrovisores com luzes de direção, rodas de alumínio aro 14, sensor de estacionamento na traseira e volante revestido de couro multifuncional.

Opcionais: sistema de áudio Composition Phone (TSI) e transmissão automatizada I-Motion (aspirado), onde o preço passa para R$ 50.668.

Up Connect TSI (R$ 56.390) – Trata-se de um “pacote” opcional para o Move Up TSI, com áudio Composition Phone, interior em cores mais escuras, rodas aro 15 diamantadas e teto e retrovisores em preto (esta pintura especial está incluída no preço).

Cross Up TSI (R$ 55.600) – Acrescenta ao Move Up faróis de neblina com luzes que acendem em curvas e rodas de alumínio aro 15. Ganhou para 2018 faróis e limpador de para-brisa com acionamento automático e temporizador de faróis. Opcionais: áudio Composition Phone e revestimento dos bancos em couro sintético.

High Up TSI (R$ 57.100) – Como o Cross Up, com diferenças visuais.

Mesmo conjunto de opcionais.

 

Tags:

 

Sobre o Autor

Mais posts por | Visite o site de RICARDO CARUSO