Rali: quanto custa um carro de ponta para o WRC?

ford_fiesta_wrc_4

“Quanto custa um carro pronto para disputar o WRC, o Mundial de Ralis”? Categoria sensacional do automobilismo internacional, é pouco divulgada no Brasil. Uma pena, pois é altamente técnica e competitiva, diferente por exemplo, da Fórmula 1. Com a ajuda da RedBull, AUTO&TÉCNICA fez estas as contas e os valores finais -comparados com a nossa inflacionada Stock car- até que são interessantes.

full_wrc-logo

A base dos carros preparados dentro do atual regulamento do WRC são modelos do segmento B. Representadas na competição em 2017 estão a Citroen C3, Hyundai i20 Coupé, Toyota Yaris e a Ford Fiesta da M-Sport. Todos esses modelos foram projetados tendo em conta compromissos com a qualidade, eficiência e preço, não tendo, de forma nenhuma, o foco nas competições ou mesmo alto desempenho.

Se são estes carros a base para os modelos do Mundial de Ralis, afinal quanto custam os carros que deles nascem para competir no WRC? Olhando para as tabelas de preços na Europa, o Citroen C3 (entre US$ 13 mil e US$ 23 mil), o Hyundai i20 Coupe (US$ 22 mil), o Toyota Yaris (entre US$ 14 mil e US$ 25 mil) e o Ford Fiesta (entre US$ 16 mil e US$ 28 mil), ou seja, oscilam entre os US$ 13 mil e US$ 28 mil, consoante as versões e motores, sendo que a Ford é a única que oferece uma versão esportiva, o Fiesta ST.

Para chegar a uma das versões WRC destes modelos, o valor aumenta cerca de 300 vezes, um custo milionário que oscila entre os US$ 660 mil e US$ 1 milhão!!!! Mas o custo de um carro de WRC não fica só nisso. É preciso reservar um caminhão de dinheiro para colocar o carro em condições de competir. Confira:

Estrutura do carro – US$ 55 mil

Transmissão – US$ 88 mil

Motor – US$ 220 mil

Suspensão – US$ 135 mil

Pneus e rodas – US$ 6 mil

Kit Aerodinâmico – US$ 33 mil

Equipamento interior – US$ 17 mil

Eletrónica – US$ 77 mil

Freios – US$ 17 mil

Mão de obra – cerca de US$ 120 mil

Calculadora a postos, são mais uns US$ 750 mil que o carro esteja pronto para cumprir uma temporada completa no Mundial de Ralis. Depois, junte os custos dos deslocamentos, hotéis, refeições, uniformes para os membros da equipe, logística, caminhões e veículos de apoio e, facilmente, juntará mais US$ 1,2 milhão ao orçamento. Ou seja, cada carro que participará no WRC 2017 custará mais de US$ 2,2 milhões. E valem as orações para que o piloto seja rápido e cuidadoso ao mesmo tempo, para não aumentar a despesa…

Tags:

 

Sobre o Autor

Mais posts por | Visite o site de RICARDO CARUSO