Classic CarsSlide

IX Encontro Brasileiro de Autos Antigos (Águas de Lindóia)

Compartilhe!

O feriado de Corpus Christi —de 30 de maio a 2 de junho— presenciou o evento de carros antigos -ou nem tanto- mais aguardado do ano. Foi a nona edição do Encontro Brasileiro de Autos Antigos, genericamente conhecido como o “Encontro de Lindóia”, quando o correto é “Águas de Lindóia”; é chamado assim desde que era o não menos famoso “Encontro Paulista de Autos Antigos”. E mais uma vez os carros antigos, nem sempre clássicos pela classificação internacional, ocuparam a Praça Adhemar de Barros e arredores.

por Rubens Caruso Junior, texto e fotos

Foram cerca de 600 modelos em exposição, fora os “oportunomobilistas”, que aos borbotões espalharam centenas de carros a preços exorbitantes, fora da realidade e vindos da cabeça de lunáticos. Ou talvez a água de Águas de Lindóia contenha algo estranho na sua composição.  Quer exemplos disso? Vamos lá: Gol GTi 1993, por R$ 220 mil; Asia Motors Towner, R$ 65 mil; VW Logus, R$ 65 mil; VW Passat Pointer, 1986, R$ 159 mil; Alfa Romeo 164 1995, R$ 125 mil; Gurgel BR 800, R$ 38 mil; Ford Maverick, R$ 390 mil; Dodge Charger R/T, R$ 290 mil; Fiat Uno 1995, R$ 45 mil e Chevrolet Diplomata, R$ 149 mil, entre outros. Fala sério…

Fora isso, é uma festa interessante, em nível nacional e que atrai público de todas as regiões do Brasil. Quem foi ao EBAA de mais longe foi Fábio Pessoa, que saiu de Eusébio, CE e percorreu cerca de 3.000 km com sua Chevrolet Veraneio 1978. E três antigos dividiram o prêmio “The Best” nessa edição: Willys Interlagos Conversível 1963 (categoria Nacional), de Maurício Wanderley; Cadillac Model M Monocilindrico 1906 (categoria Pré Guerra), pertencente ao “Dream Car Museum”, de São Roque, SP e. Packard Clipper Derham Limousine 1947 (categoria Pós Guerra), de Luiz Goshima.

Confira nas fotos um pouco das atrações deste ano:


Compartilhe!
1718298687