Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

JAC ENTERRA O J3 E LANÇA O J2

Compartilhe!

O JAC J3 foi para o buraco...

A JAC Motors, de uma só vez, enterrou o J3, lançou o J2 e colocou a pedra fundamental de sua fábrica, na Bahia. A marca chinesa, que acabou de ter o J3 reprovado nas avaliações de segurança da Latin NCAP, preparou uma espécie de “cápsula do tempo” para ser aberta daqui 20 anos. O túmulo onde o J3 foi depositado é de concreto, no terreno  onde provavelmente será erguida a fábrica brasileira da marca. Dentro dele foram colocadas mensagens e objetos.

Isso não tem nada de original. Em 1957 um Plymouth Belvedere do ano foi enterrado em Tulsa, Oklahoma, também repleto de objetos. Foi desenterrado 50 anos depois, em 2007, praticamente destruído por uma infiltração de água. Talvez não seja preciso tanto tempo e nem tanta água para um carro chinês virar pó ou desaparecer na lama. Uma pesquisa junto aos clientes da marca mostra isso.

O que restou do Plymouth, desenterrado em 2007.

Em todo caso, o J3 foi sepultado e ficará ali por 20 anos, sob a alegação, no mínimo piegas, de que “é uma forma simbólica de agradecimento ao consumidor brasileiro, que rapidamente compreendeu nossa proposta, abraçou nossa marca e é atualmente o grande responsável por propagandear os nossos produtos”. Quem disse isso foi Sergio Habib, presidente da JAC Motors Brasil.

O J3 enterrado estava no final de sua vida útil. Foi um dos primeiros veículos trazidos da China a chegar aqui em 2010. Foi usado em testes e registrava 243.000 kms rodados no odômetro. “Não duvido que, no dia 26 de novembro de 2032, ele precise apenas de uma carga na bateria e gasolina para sair rodando”, afirmou Habib. Nota da Redação: temos certeza absoluta de que isso é absolutamente impossível de acontecer.

Além do funeral do J3, a marca lançou a pedra fundamental da fábrica e apresentou o compacto J2, com motor 1.4 16V VVT de 108 cv. Com ar-condicionado, direção hidráulica e outros equipamentos, o modelo chega em versão única, com seis anos de garantia, por R$ 30.990.

A fábrica vai começar a ser construída ainda neste mês, depois de o governo divulgar a regulamentação do novo Regime Automotivo. A terraplenagem já foi iniciada e deverá ficar pronta no final de 2014. A capacidade será de 100 mil unidades anuais.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español