Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

JAC J6 EVOLUI, MAS CUSTA CARO: A PARTIR DE R$ 58 MIL

Compartilhe!

CRL_3749 (640x425)

O J6, monovolume da chinesa JAC Motors, recebeu recentemente um facelift significativo, bem diferente das maquiagens que  estamos acostumados a acompanhar em  nosso mercado. Uma bem feita evolução, pena que a marca ande um pouco escondida no Brasil, ausente da mídia.

CRL_3789 (640x425)

Na dianteira, o J6 ganhou novo conjunto óptico, capô, grade e parachoques, modificações que deixaram a dianteira mais agradável e harmoniosa. A traseira também sofreu transformações, ficou mais atual, com a adoção de novas lanternas horizontais e novo parachoques.

CRL_3825 (640x425)

O interior evoluiu, e não remete em nada aos primeiros carros chineses que desembarcaram por aqui. O painel mudou, está mais bem acabado e agradável ao toque, e além disso, ficou mais equilibrado com o projeto do habitáculo. Os instrumentos ganharam iluminação branca indireta, com regulagem de intensidade, e os marcadores de combustível e temperatura de água do motor são digitais. Detalhes do painel e interior são em “black piano”.

NA PRESSÃO

Uma novidade entre os instrumentos é o TPMS (Tire Pressure Monitoring System, ou Sistema de Monitoramento de Pressão de Pneus) que acusa, por intervenção de uma luz-espia, toda vez se um dos pneus estiver 25% acima ou abaixo da calibragem especificada. Trata-se de um sistema pouco comum nesse segmento de veículos.

CRL_3918 (640x425)

O volante também mudou, e incorpora os controles de áudio no lado direito. No centro do painel, comandos do ar-condicionado digital e do rádio (com CD e entrada USB), em novo desenho. Os acionamentos dos vidros, travas e retrovisores são elétricos, e as teclas ganharam novas posições, visando melhor acesso ao usuário. O conjunto ótico do J6 ganhou a função Auto, que faz o acendimento automático das luzes externas de acordo com a luminosidade ambiente.

CRL_3971 (640x425)

A lista de equipamentos de série é bem generosa, assim como o espaço do J6. Tanto a versão de cinco lugares quanto a Diamond (de sete) vêm de série com ar-condicionado, freios ABS com EBD, airbag duplo, pneus 205/55 e rodas aro 16, faróis de neblina dianteiros e luz de neblina traseira mais sensor de estacionamento.

MESMO MOTOR

O motor permaneceu o mesmo eficiente 2.0 16V com duplo comando de válvulas no cabeçote, com 136 cv de potência máxima a 5.500 rpm e torque máximo de 19,1 mkgf a 4.000 rpm. As relações de marchas permaneceram as mesmas, embora a engenharia da marca, em conjunto com os técnicos brasileiros, tenham promovido alterações no sistema de trambulador. Com essas modificações os engates ficaram mais curtos e precisos.

CRL_3957 (640x425)

O J6 não é barato: custa R$ 57.990 o de cinco lugares e R$ 59.990 o de sete passageiros, e tem como concorrentes diretos a Chevrolet Spin (que custa R$ 42.190 a de  cinco lugares e R$ 59.990 a de sete lugares). Outro concorrente é a Nissan Livina, que custa $45.990 na versão de cinco lugares, enquanto a Gran Livina -de sete lugares- fica em R$ 55.290.

Marcos Cesar Silva

CRL_3947 (640x425)


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español