Classic CarsSlide

Kustom Kulture: 10 carros projetados por Ed “Big Daddy” Roth

Compartilhe!

Não é exagero afirmar que Ed Roth está para os carros customizados assim como Pelé está para o futebol e Elvis Presley para a música. Ed “Big Daddy” Roth (04.03.1932 – 04.04.2001) foi um pioneiro no mundo do desenho de carros personalizados e uma figura-chave no movimento “Kustom Kulture” do sul da Califórnia. Nascido em Beverly Hills, Califórnia, Roth desenvolveu uma incontrolável paixão por automóveis desde muito jovem. Sua jornada no mundo automotivo começou quando adquiriu seu primeiro carro, um Ford cupê 1933, aos 14 anos. Esse interesse precoce por carros o levou a estudar engenharia e mais tarde servir na Força Aérea dos Estados Unidos.

por Ricardo Caruso

A “Kustom Kulture” (no Brasil, tratada como “Kultura Kustom”) é um movimento surgido surgida na década de 1950, junto com os hot rods, onde a ideia principal é a customização, ou seja, a alteração das partes originais, para modificação desejada pelo autor. É empregada não só em automóveis, mas também em diversas áreas artística e profissionais, como customização de motos, aerografia e pinstriping, artes como tatuagem e música, entre outros meios, além de caracterizar um estilo de vida. O conceito surgiu nos Estados Unidos, claro, e possui adeptos em todo o mundo. Mas é entre os automóveis onde a “Kultura Kustom” (com “K” mesmo, como se a letra “C” tivesse sido customizada…) ganha mais força e reconhecimento. A ideia é de que não basta ser um hot ou street hot, tem que passar por extensos trabalhos de personalização.

A carreira de Roth como artista, cartunista, desenhista e ilustrador abriu o caminho para que fosse transformado em ícone no cenário de hot rod e carros personalizados do final dos anos 1950 e 1960. Ele ganhou amplo reconhecimento por suas caricaturas grotescas, notadamente o personagem “Rat Fink” (acima), que se tornou sinônimo do espírito rebelde da época, e uma resposta ao bom-mocismo do Mickey Mouse. AUTO&TÉCNICA relembra 10 carros personalizados por Roth, que ainda fazem parte do imaginário dos adeptos do rock’a’billy, dos hot rods e da criatividade sem limites. Confira:

1. Little Jewel (1958)

O “Little Jewel”, ou a “Pequena Jóia” de Ed Roth, foi criada em 1958 e marcou sua estreia no desenho e projeto de carros personalizados. Este veículo, construído sobre a estrutura de um Ford Tudor Modelo A 1930, apresentava motor de Oldsmobile. Embora seus componentes de customização possam parecer simples, a “Pequena Jóia” serviu como peça fundamental na jornada de Roth no mundo dos automóveis personalizados, mostrando suas primeiras experiências com modificações de motor e técnicas de personalização.

Apesar do seu início humilde e simples, esta criação inaugural teve importância marcante na trajetória da carreira de Roth, estabelecendo as bases para os seus desenhos inovadores que vieram depois, e solidificando a sua reputação como um pioneiro no cenário dos carros personalizados do sul da Califórnia.

2. Outlaw (1959)

O “Outlaw” de Ed Roth, criado em 1959, foi um hot rod com carroceria de fibra de vidro, que ganhou destaque no cenário de carros customizados. Este veículo foi destaque em revistas automotivas importantes da época nos Estados Unidos, consolidando a reputação de Roth como uma força inovadora no desenho de automóveis.

Com sua carroceria de fibra de vidro e estilo diferenciado, o “Outlaw” (“Fora da Lei”) chamou a atenção dos entusiastas e estabeleceu ainda mais a influência de Roth na comunidade de carros personalizados. Embora os detalhes específicos sobre o “Outlaw” possam ser limitados, a sua presença nas publicações da época destacou a sua importância como uma criação pioneira no portfólio de Roth.

3. Beatnik Bandit (1961)

O “Beatnik Bandit” de Ed Roth, lançado em 1961, é uma de suas criações mais icônicas. Este hot rod futurista apresentava um desenho radical para sua época, com um teto em forma de bolha transparente e motor repleto de cromados expostos, cativando entusiastas de automóveis em todo o mundo. O estilo inovador do “Beatnik Bandit” refletiu o talento de Roth para ultrapassar os limites do desenho automotivo, conquistando um lugar de destaque como símbolo da cultura de carros personalizados dos anos 1960. Ganhou até mesmo uma disputada miniatura da Hot Wheels.

Com a sua estética única e características que chamam a atenção ainda hoje, como a capota em forma de bolha, o “Beatnik Bandit” continua sendo um clássico atemporal no mundo dos carros personalizados, mostrando a criatividade visionária de Roth e a influência duradoura no desenho dos automóveis modificados.

4. Mysterion (1963)

Em 1963, Ed Roth apresentou o “Mysterion”, um carro personalizado impressionante, que ultrapassou os limites do desenho automotivo. Este extraordinário veículo ostentava dois motores Ford V8 e um impressionante estilo de cabine dupla, demonstrando a tendência de Roth para criações radicais e inovadoras. O “Mysterion” era mais do que apenas um carro; era uma obra de arte, com detalhes extravagantes e uma estética ousada, que conquistava o público por onde passava.

Apesar da sua breve existência, o “Mysterion” deixou uma impressão duradoura no cenário dos automóveis personalizados, dando a reputação de visionário para Roth e fixando esse carro como um símbolo icônico da Kustom Kulture automotiva dos anos 1960.

5. Surfite (1964)

Em 1964, Beach Boys e surf estavam no auge nas praias da California, e Ed Roth apresentou o “Surfite”, criação única que personificava o espírito descontraído da cultura do surf daquele Estado. Construído sobre um chassi de Austin Mini Cooper, o “Surfite” apresentava uma carroceria personalizada, com uma fenda própria para o transporte de pranchas de surf, tornando-o o veículo perfeito -quase um buggy– para chegar até as praias com estilo. Este carro diferente fez uma breve -mas memorável- aparição no filme “Beach Blanket Bingo”, mostrando a influência de Roth na cultura popular.

Com seu desenho inspirado no surf e com estética divertida, o “Surfite” capturou a imaginação tanto dos banhistas quanto dos entusiastas de carros, conquistando seu lugar como um símbolo do estilo de vida do sul da Califórnia dos anos 1960.

6. Tweedy Pie (1964)

Em 1964, Ed Roth revelou o “Tweedy Pie”, um Ford T-Bucket 1920 modificado, que se tornou um clássico instantâneo no cenário dos carros customizados. Originalmente construído por Bob Johnston, Roth deu seu toque pessoal ao veículo, incorporando um motor V8 de Corvette 1957 e diversos detalhes cromados. “Tweedy Pie” foi alargado e montado num chassi de Ford Deuce, dando-lhe uma postura elegante e agressiva. Com seu desenho atraente e desempenho quase suicida (carroceria leve + motor potente), o “Tweedy Pie” rapidamente ganhou popularidade e alimentou a reputação de Roth como um mestre na fabricação de carros personalizados.

Hoje, o “Tweedy Pie” continua a sendo uma peça de referência da história do automóvel, reverenciada pelo seu estilo atemporal e pela influência duradoura nos entusiastas de carros modificados em todo o mundo.

7. Orbitron (1964)

Em 1964, 60 anos atrás, Ed Roth apresentou o “Orbitron”, outro carro personalizado inovador, que seduziu o público com seu desenho futurista. Trazendo uma aparência desconstruída e assimétrica, realmente diferente, o “Orbitron” exibiu a visão única e a influência de Roth no desenho automotivo. Considerado perdido há décadas, o “Orbitron” foi redescoberto no México em 2008, renovando o interesse no trabalho de Roth.

Apesar de sua estética pouco convencional, o “Orbitron” continua sendo uma prova da criatividade inovadora do artista e de sua capacidade de desafiar as normas automotivas tradicionais. Hoje, o “Orbitron” é um símbolo do espírito inquieto de Roth e do seu impacto duradouro no cenário dos carros personalizados.

8. Road Agent (1965)

Em 1965, Ed Roth apresentou o “Road Agent”, um show car com motor traseiro, que exemplificava sua abordagem sempre ousada ao desenho e desenvolvimento de carros personalizados. Apresentando um powertrain de Chevrolet Corvair e estrutura com tubos de cromo-molibdênio, o “Road Agent” foi um exemplo notável do trabalho inovador de Roth. Sua carroceria elegante e aerodinâmica exibia a atenção que Roth dava aos detalhes, enquanto suas poderosas capacidades de desempenho seguiam as regras pessoais dele no mundo dos carros personalizados. Ilustrando a capa da revista “Rod & Custom”, o “Agente Rodoviário” consolidou ainda mais a posição de Roth como um inovador líder nesse segmento.

Hoje, o “Agente Rodoviário” serve como um lembrete do legado eterno de Roth e de suas contribuições para a evolução da cultura dos carros personalizados.

9. Rotar (1965)

Parece um brinquedo de parque de diversões, mas longe disso. Em 1965, Roth revelou o “Rotar”, também conhecido como “Roth Air Car”, um veículo personalizado inovador que exibiu sua criatividade também inovadora. Alimentado por dois motores Triumph de 650 cm3 cada, o “Rotar” foi projetado para se movimentar tanto em terra quanto na água, ultrapassando mais uma vez os limites do desenho automotivo convencional. A sua abordagem diferente e inovadora refletiu a tendência de Roth para não respeitar limites, diferente da maioria das montadoras de hoje em dia, limitadas pelas áreas de custo e marketing.

Com seu sistema de propulsão exclusivo e desenho diferenciado, o “Rotar” capturou a imaginação dos entusiastas de automóveis e os fez sonhar. Hoje, o “Rotar” continua sendo uma peça icônica, reverenciado pela sua engenhosidade e impacto duradouro na cultura dos customizados.

10. Druid Princess (1966)

Em 1966, Ed Roth revelou o “Druid Princess” (“Princesa Druida”), uma criação maluca que resumia sua abordagem criativa ao desenho de carros personalizados, sem medo de ser feliz. Apresentando peças decorativas complexas que remetiam às carruagens e à técnica especial de pintura, a “Princesa Druida” foi uma obra-prima do artesanato e criatividade sobre rodas. Alimentado por um motor Dodge e ostentando um tanque de gasolina exclusivo montado em um pequeno caixão, ele chamou a atenção por sua aparência marcante e atenção aos detalhes. A “Princesa Druida” mostrou a capacidade de Roth de combinar arte com engenharia automotiva, superando tudo o que se sabia de criação de carros personalizados. Com características únicas e desenho simpático, o “Druid Princess” deixou sua marca no cenário dos carros customizados, ficando como legado de Roth no pioneirismo da indústria.


Compartilhe!
1721658346