Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

LADA: DOIS MILHÕES DE NIVA FABRICADOS

Compartilhe!

lada

 

Lembra da Lada? A marca russa está em festa. A empresa está comemorando a produção da unidade dois milhões do seu valente jipinho Niva, na fábrica de Togliatti, na Rússia. A cerimônia contou com a presença do presidente da marca russa, Igor Komarov, e do projetista do emblemático modelo, Petr Prusov.

lada6

O Niva é fabricado em Togliatti desde 1977 e continua a ser muito procurado pela sua robustez e capacidade para enfrentar todo o tipo de terreno, além de ser muito durável. A projeção da Lada, para a produção do Niva este ano é de  50 mil unidades, das quais cerca de 4 mil serão destinadas ao mercado europeu.

niva1

Mas o fabricante russo tem outra boa notícia: uma nova geração, em 2016, do Niva já está sendo preparada com novidades que já foram adotadas, entre as quais reforçar a resistência da carroceria à corrosão. De mecânica simples, o Niva está dotado de um motor 1.7 a gasolina, com 81cv. Acelera dos 0 aos 100 km/h em 17 segundos e alcança 140 km/h de velocidade máxima. Está equipado com uma caixa manual de cinco velocidades, que trabalha em conjunto com um sistema de tração total permanente.

lada5

A história da marca no Brasil é a seguinte; quando o então Presidente do Brasil, Fernando Collor  acabou com a reserva de mercado para automóveis importados em 1990, a primeira marca estrangeira a chegar oficialmente foi a Lada, por meio do seu representante para a América Latina sediado no Panamá. Ocorreram alguns meses antes, entretanto, algumas importações de veículos por particulares, e a primeira unidade importada oficialmente foi uma BMW 540.

lada4

O Niva apresentava, na época, problemas de acabamento como bancos que se soltavam, portas desalinhadas e outros itens que foram reduzindo suas vendas. Em 1990 e 1991 qualquer coisa automotiva importada chamava a atenção pela novidade e vendia bem. De 1992 em diante os importados começaram a ser tornar coisa trivial e o Niva ganhou outros competidores externos. As vendas começaram a cair e em 1997 a Lada saiu do Brasil.

Jorge Finardi Filho

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español