Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Lamborghini: você sabe de onde veio o nome Countach?

Compartilhe!

 

De onde veio o nome Countach? Se você disser que é  nome de um touro, como é tradicão na Lamborghini, errou feio. Quem garante foi o desenhista do modelo, Marcello Gandini.

Tal como você, também nós crescemos com a certeza indubitável de que todos os modelos da Lamborghini, marca de automóveis cujo emblema é um touro enfurecido, são batizados homenageando touros famosos ou fazendo referência às touradas.

Foi o caso do modelo que iniciou esta tendência, o Miura, nome de uma raça de touros, criados por Eduardo Miura, amigo pessoal de Feruccio Lamborghini. Ou do Murciélago, touro lendário que sobreviveu a 28 golpes de espada numa tourada, em 1879.

Já no caso do Countach, não foi um touro que o batizou, e sim um técnico responsável pelas fechaduras do carro.

Lamborghini Countach LP400

“Ele era um sujeito enorme, tinha dois metros de altura, mãos grandes, mas fazia trabalhos que exigiam precisão. Quase só falava piemontês, que é diferente do italiano, e dizia frequentemente “countach!”, expressão de deslumbramento. Fui eu que, na brincadeira, disse que podíamos chamar o carro de Countach. Já mais tarde, um dos meus colegas voltou a falar na ideia, e ficou assim”! Marcello Gandini, responsável pelo desenho e projeto do Lamborghini Countach

 
Assim, a palavra “countach” vem do dialeto piemontês, falado na região ao noroeste da Itália, e que significa esplêndido, magnifico. Nada mais justo para um dos mais impressionantes esportivos de todos os tempos. O primeiro protótipo do Lamborghini Countach foi apesentado em 1971 e produzido até 1990.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *