LANÇAMENTO: Chevrolet Equinox, quando o custo/benefício fala mais alto

Compartilhe!

A missão não é simples: repetir o mesmo sucesso de um carro do passado recente. Por isso a General Motors está apostando muitas fichas no Equinox,  novo SUV médio, que desembarcou aqui para substituir a Captiva. Também mexicana como a Captiva, a nova SUV é isenta de impostos, e traz uma longa lista de qualidades e mimos que vão agradar o consumidor desse tipo de veículo. 

Até o preço do Equinox é interessante. Será vendido em versão única, a top de linha Premier, por R$ 149,9 mil. Não dá para dizer que é um carro barato, pelo contrario, mas tem um excelente “pacote” de equipamentos e motor 2.0 turbo a gasolina, de 262 cv de potência máxima e 37 mkgf de torque máximo, com câmbio automático de nove marchas e tração integral adaptativa.

 

O Equinox de terceira geração é montado na mesma plataforma D2XX do Cruze (lancada em 2012), e conserva praticamente o mesmo comprimento, com 4,65 m. Já a distância entre-eixos é 2 cm superior, de 2,72 m. Por causa da carroceria longa dá a impressão de ter sete lugares, mas é só impressão. Não acomoda sete, mas os cinco ocupantes desfrutam de bastante espaço e conforto. Na dianteira, os bancos tem memoria e ajustes elétricos, e ficam em  posição elevada, permitindo boa visibilidade.

Destaque para o assoalho traseiro plano,  que é algo raro em um veículo 4×4, e para o banco traseiro com duas posições de do banco de inclinação do encosto.

O Equinox é hoje o SUV Chevrolet de maior sucesso no mundo, e chega ao mercado brasileiro paa brigar com a principal referência da categoria, o Jeep Compass. Para isso, o Equinox -em versão única e top de linha, Premier- traz sofisticação, tecnologia, segurança e conjunto mecânico composto pelo motor 2.0 turbo de 262 cv de potência máxima (usado em algumas versões mais básicas do Camaro), que trabalha em conjunto com a transmissão automática sequencial de nove marchas e tração integral.

Toda essa disposição da parte mecânica se reflete no desenho bem cuidado do produto, tanto no exterior como no interior, que acomoda bem até cinco ocupantes. O SUV traz conteúdo inédito e acabamento premium, fazendo a estreia aqui da versão Premier, a mais sofisticada da linha global da Chevrolet. Ela é caracterizada pelo uso de materiais nobres e boa lista de equipamentos de série.

GALERIA DE FOTOS

Esta lista inclui, entre outros, sistema de frenagem automática de emergência, alerta de esquecimento de pessoas no banco traseiro e dispositivo de abertura elétrica da tampa do porta-malas por sensor de movimento (basta passar o pé sob o para-choque traseiro).

O modelo ainda oferece um interessante recursos, em geral disponível na primeira classe de alguns aviões: trata-se de um sistema que emite ondas sonoras contrárias, para reduzir o nível de ruídos externos do motor, amplificando a sensação de silêncio a bordo.

GALERIA DE FOTOS

Outra característica do Equinox está no desempenho e comportamento dinâmico, similar ao de modelos com algum apelo esportivo. Além de proporcionar acelerações e retomadas de velocidades que não decepcionam, os 37 mkgf de torque máximo do motor 2.0 turbo podem ser distribuídos em percentuais diferentes para cada uma das quatro rodas, a fim de garantir melhor dirigibilidade.

Junto a isso, o veículo possui sensores, radares e câmeras específicas capazes de identificar situações de risco e acionar de maneira autônoma o sistema de frenagem e o de direção para reduzir ou mesmo evitar acidentes.   

Em relação à conectividade, o novo SUV da Chevrolet conta com sistema de carregamento sem fio para smartphones, multimídia Mylink compatível com Android Auto e Apple CarPlay e sistema OnStar.

GALERIA DE FOTOS

A linha de utilitários esportivos da Chevrolet agora está completa com produtos de tamanhos e propostas complementares. O SUV médio Equinox fica posicionado entre o compacto Tracker e o grandalhão Trailblazer.

ESTILO

O Equinox é um utilitário esportivo com desenho refinado, com o conforto e funcionalidades de acordo com sua proposta urbana e familiar. Raramente quem compra um SUV vai colocar seu caro veículo a terra ou na lama, e isso vai se repetir com o Equinox. São 4.652 mm de comprimento, 2.105 mm de largura e 1.695 mm de altura.

A parte externa da carroceria traz elementos característicos dos atuais produtos Chevrolet, como a frente larga e, faróis afilados integrados à grade. O capô é bem trabalhado, e nas laterais, vincos exploramo efeito de luz e sombra, que destacam as rodas de alumínio aro 19.

Na traseira, as linhas horizontais reforçam o estilo do modelo. O spoiler, que a GM insiste em chamar de aerofólio, envolve as laterais do vidro, alongando visualmente a tampa. No para-choque, duas saídas de escapamento completam o conjunto.

Há uso na dose certa de cromados, contornando os vidros das portas. O mesmo tipo de acabamento está presente na grade e dá toque especial ao para-choque traseiro e barras longitudinais do teto.

Uma moldura fosca contorna a parte inferior do veículo, protegendo a pintura no caso de aventuras na terra e reforçando a robustez; visualmente, deixa o visual da lateral mais afilado e elegante.

A VERSÃO PREMIER

O Equinox inaugura no Brasil a versão de acabamento Premier, a mais sofisticada da linha Chevrolet. É caracterizada pela utilização de materiais nobres, itens de tecnologia e bom nível de refinamento interno e externo.

A versão Premier já está disponível na nova geração de veículos de passeio da marca Chevrolet nos Estados Unidos. Um emblema específico na tampa traseira identifica os veículos nesta configuração.

No caso do Equinox, os bancos são revestidos com material e acabamento especiais, como couro perfurado e costuras duplas. O painel também segue o mesmo padrão.

Além disso, acabamentos macios aplicados em outras áreas de contato, como os apoios de braço e painéis de portas, proporcionam a sensação de sofisticação e maior conforto.

Os dois tons aplicados no interior do veículo, Preto Jet Black e Cinza Medium Ash Gray, enfatizam as formas e superfícies principais. Além do visual elegante, os materiais utilizados foram cuidadosamente desenvolvidos para garantir alta durabilidade e facilidade da manutenção.

O painel traz peças com metalização acetinada nas saídas de ar, na moldura central de instrumentos, no console e no volante.

O espaço interno do Equinox agrada. O entre-eixos de 2.725 mm é um dos maiores e o mais bem aproveitados de todo o segmento, permitindo acomodar confortavelmente até cinco ocupantes com bagagens.

A sensação de amplitude é potencializada pelo teto solar panorâmico e pela ergonomia e funcionalidade. O painel, por exemplo, é desassociado do console, trazendo mais conforto e espaço para os ocupantes.

O console foi otimizado e alinhado às necessidades reais de uso do consumidor. Acomoda diversos comandos, porta-objetos com iluminação em LED, apoio de braço e dutos que estende o sistema de ventilação para os passageiros que viajam atrás. O piso atras é plano, e o bom tamanho das portas e formatação das colunas em relação ao banco traseiro, facilitam o acesso.  

O volume de carga máxima do Equinox pode variar de 468 litros até 1.627 litros, dependendo da configuração dos bancos. O traseiro, além de ter encosto ajustável em duas posições, pode ser rebatido por meio de uma alavanca localizada na parede lateral direita do porta-malas, criando uma superfície plana, facilitando a acomodação de itens compridos.

O porta-malas conta ainda um porta-objetos abaixo do piso, de 79 litros, que possibilita separar diferentes tipos de carga. Permite, por exemplo, que uma família vá ao parque carregando ali patins e outros apetrechos, reservando o espaço de cima para transportar o cãozinho com maior proteção e privacidade.

Além dos porta-objetos tradicionais que a maioria dos SUVs oferecem, o Equinox conta com um local para acomodar um pequeno guarda-chuva no porta-objetos da porta do motorista.

SEGURANÇA

O Equinox conta com uma extensa lista de itens de segurança, a mais abrangente em sua faixa de preço. Traz desde tecnologias capazes de intervir de forma independente para prevenir ou evitar acidentes até um sistema capaz de avisar automaticamente a uma central de resgate 24h assim que os airbags são deflagrados, informando dados da localização e a dinâmica da batida, para que seja providenciado socorro adequado.

Confira a lista dos principais sistemas de segurança do SUV da Chevrolet:

Frenagem automática de emergência (AEB): caso o veículo esteja trafegando entre de 8 km/h a 80 km/h e detecte a iminência de uma colisão frontal sem qualquer reação do condutor, um alerta é acionado e os freios são ativados automaticamente na tentativa de evitar ou mesmo reduzir a severidade do acidente.

Função de pré-ativação dos freios: a fim de acelerar o tempo de resposta dos freios e ajudar a encurtar distâncias de parada, assim que o motorista tira o pé do acelerador, o sistema aumenta ligeiramente a pressão hidráulica nas linhas de freio e aproxima as pastilhas dos discos, em antecipação a uma possível frenagem de emergência.

Sistema de compensação de frenagem: o uso contínuo do freio, como em descidas de serra, pode provocar o superaquecimento dos sistemas tradicionais e, consequentemente, exigir maior pressão no pedal para a realização de uma frenagem eficiente. Em situações como esta, o Equinox é capaz de identificar e compensar variações, mantendo o curso do pedal sempre constante, inclusive para maior conforto.

Assistência de frenagem de emergência (PBA): em uma emergência onde seja necessário realizar uma frenagem brusca, este recurso complementa o esforço para garantir a máxima pressão, mesmo que o motorista não tenha exercido pressão máxima sobre o pedal.

Alerta de colisão frontal: é um equipamento de segurança bastante útil no dia a dia. Por meio dele, o motorista estabelece eletronicamente uma distância mínima em relação ao veículo à frente, podendo ser alertado caso o outro veículo sofra uma redução de velocidade repentina. Além de luzes vermelhas piscarem na base do para-brisa, outros alarmes podem soar, sonoro ou sensorial.

Banco do motorista com alerta tátil de segurança: caso o usuário não queira ser avisado por meio de alarmes sonoros, pode optar por um alerta sensorial. Neste caso, o banco do motorista vibra ao detectar a iminência de algum acidente. Essa vibração pode ocorrer no lado esquerdo ou direito do assento, dependendo do lado da ameaça.

Assistente de permanência na faixa: uma câmera na parte superior do para-brisas “lê” as faixas da via e faz eventuais correção na trajetória do veículo ao perceber que ele está saindo involuntariamente da pista. O sistema opera entre 60 km/h e 180 km/h.

Faróis Full LED com fachos altos inteligentes: além do alto poder de iluminação, este sistema acende e apaga os faróis altos de acordo com as condições do trânsito ao redor. Os faróis altos são acionados quando está suficientemente escuro e não há outros veículos presentes,  para evitar o ofuscamento. O sistema só ativa os faróis altos durante condução acima de 40 km/h. Outro recurso é o farol com ajuste de nivelamento automático, que considera a carga transportada, calibragem dos pneus e até a inclinação da via.

Alerta de ponto cego com sensor de aproximação repentina: auxilia o motorista em mudanças de faixa. Uma luz acende no retrovisor externo alertando para a presença em ponto cego ou da rápida aproximação de um outro veículo ou moto em tráfego lateral distante até 70 metros.

Controle eletrônico de tração e de estabilidade: Com tecnologia que atenua o risco de capotamento, onde os freios podem atuar automaticamente com diferentes pressões nas rodas, antecipando e prevendo possível perda de contato do pneu com o solo em decorrência de alguma manobra arriscada.

Alerta de esquecimento de pessoas ou objetos no banco traseiro: toda vez que as portas traseiras são abertas até 10 minutos antes do acionamento da ignição, o veículo memoriza a ação durante toda viagem e adverte o motorista no momento do seu desembarque. Soa um sinal sonoro e aparece uma mensagem no visor do computador de bordo relembrando que pode haver pessoa, animal ou objeto no banco traseiro.

Célula de sobrevivência: o conceito está presente no Equinox, que conta com uma espécie de “gaiola” altamente estruturada e reforçada por materiais nobres na região onde ficam acomodados os ocupantes.

Câmera de ré: com linhas guias e alerta de tráfego cruzado traseiro. Ao sair de marcha a ré de uma vaga ou garagem, nem sempre o motorista consegue ter visão periférica para executar a manobra com total segurança.

No Equinox, sensores no para-choque traseiro são capazes de detectar a aproximação de outro veículo vindo a até 25 metros na perpendicular. Quando isso acontece, bips soam e um triângulo de advertência com uma seta apontando para o lado da ocorrência pisca sobre a imagem captada pela câmera de ré.

Destacam-se ainda os seis airbags (frontais, laterais e de cortina), além dos serviços de emergência e resgate do OnStar.

CONFORTO

A lista de equipamentos de conforto e de conveniência do Equinox é boa e se equipara à dos modelos mais luxuosos – caros- do segmento.

Para os consumidores mais exigentes, existem outros fatores que caracterizam um veículo como premium, como o conforto acústico proporcionado pelo elevado silêncio a bordo. Esta é uma característica marcante do SUV da Chevrolet, que traz soluções inovadoras, como o sistema ativo de cancelamento de ruído, já aplicado em aviões.

Quatro microfones instalados no interior do carro captam a frequência e a amplitude de ondas sonoras vindas do motor e enviam para um módulo de controle, que processa a informação e faz com que os alto-falantes emitam uma onda contrária neutralizadora. Este sistema pode funcionar junto com o áudio e comando de voz da cabine.

O SUV ainda é equipado com para-brisa laminado com sistema de isolamento acústico, vidros laterais mais espessos, borracha de vedação tripla nas portas e estrutura rígida da carroceria com solda a laser, além de espumas expansivas e defletores aerodinâmicos em pontos estratégicos para absorção de ruídos de rodagem e de turbulências.

Há ainda o recurso elétrico de abertura e fechamento da tampa do porta-malas, que pode ser acionado por sensor de movimento. Para isso, basta passar o pé por baixo do sensor de estacionamento esquerdo do para-choque traseiro. Esta funcionalidade é bastante útil, principalmente quando o usuário precisa acessar o compartimento de carga e encontra-se com as mãos ocupadas. O ângulo de abertura da tampa pode ser limitado por meio de um seletor no painel da porta do motorista.

O Equinox conta ainda com uma série de outros itens de conforto e comodidade, entre eles o sistema de som de alta fidelidade com cinco alto-falantes e dois woofers, tudo da marca Bose; banco do motorista com ajuste elétrico (incluindo o lombar) com duas opções de memória; teto solar elétrico panorâmico e outros. 

O SUV é equipado com sistema multimídia MyLink com tela de oito polegadas, GPS e compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto, que permitem projetar o smartphone do usuário direto na tela do painel.

 

COMO ANDA

O Equinox é equipado com o motor 2.0 turbo com injeção direta de gasolina. São 262 cv e 37 mkgf de torque máximos, capazes de levar o SUV da Chevrolet de zero a 100 km/h em 7,6 segundos.

Como cerca de 90% do pico de torque está disponível de 2.000 a 5.600 rpm, o modelo tem boas respostas nas mais diversas situações de utilização. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 210 km/h.

Apesar da potência e torque generosos e da tração integral nas quatro rodas, o SUV da Chevrolet mostra números competitivos de consumo de combustível. De acordo com dados do Inmetro, na estrada, o Equinox percorre 10,1 km/l e 8,4 km/l de gasolina na cidade. Na nossa avaliação, repetimos esses números.

Esse equilíbrio entre desempenho e consumo deve-se às tecnologias aplicadas no motor, que é o mesmo do Camaro , e à transmissão automática sequencial de nove marchas “Clutch-to-Clutch”, de trocas rápidas e bastante suaves.

Inédita na linha Chevrolet, a transmissão registra 60 novas patentes e utiliza-se de um novo conceito, o “One Axis Design”, onde todas as marchas ficam em linha sobre o mesmo eixo para otimizar dimensões e, principalmente, massa. O Equinox pesa 1.693 kg.

Auxilia no consumo o sistema Stop/Start, que desliga o motor temporariamente em paradas para poupar combustível. No caso do novo SUV da Chevrolet, esse sistema é avançado, por ter funcionamento mais rápido e quase imperceptível. Para evitar problemas, o mecanismo de carregamento da bomba de óleo permanece pressurizando durante toda a parada.

A parte aerodinâmica também ajuda a otimiza o desempenho do veículo, que é equipado com o sistema de grade ativa do radiador (já usado no Ford Fusion e no Chevrole Spin). Sua função é reduzir o arrasto por meio do controle de abertura e fechamento eletrônico das aletas, conforme a necessidade de arrefecimento do motor e do sistema de ventilação da cabine.

Os engenheiros da GM focaram em outro ponto importante: a dinâmica veicular. O modelo utiliza-se da plataforma D2XX da marca, com suspensão independente nas rodas traseiras, estruturas de subchassis e boa dose de tecnologias de controle de estabilidade e de tração.

A tração é permanente, do tipo AWD, e pode variar o envio de torque para cada uma das rodas para maior aderência do veículo. Esta tarefa é feita por um central de comando capaz de realizar até mil leituras por segundo.

O motorista pode desabilitar o modo AWD mesmo com o carro em movimento e trafegar apenas com tração nas rodas dianteiras. E, caso o sistema identifique alguma situação de risco, surge uma mensagem no painel aconselhando a reativar a tração integral.

O mesmo conjunto de tecnologias é capaz de identificar que o carro está rebocando um outro veículo, como trailer ou um barco, e atuar para compensar oscilações e elevar a estabilidade.

O Equinox está desembarcando nas concessionárias Chevrolet com três anos de garantia e cinco opções de cores: Vermelho Glory, Preto Global, Cinza Graphite, Branco Summit e Prata Switchblade.

CONCLUSÃO

É certeza de que o Equinox vai agitar a categoria de SUVs médios, pela novidade, pela confiabilidade da marca e por ser importado do México com preço muito competitivo diante da concorrência. O “pacote” desta versão Premier não faz feio diante de modelos mais luxuosos e caros. Deve ser considerado, em especial diante dos concorrentes asiáticos.

 
 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *