Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

LANÇAMENTO: Chevrolet Spin 2019

Compartilhe!

Com novo visual e mais equipamentos, a minivan Chevrolet Spin 2019 foi lançada oficialmente. Como você já havia visto em AUTOETECNICA, o Chevrolet ganhou dianteira redesenhada, inspirada no sedã Cobalt, além de novas lanternas traseiras, o que mudou bastante o visual do modelo. O preço inicial é de R$ 63.990 na versão LS, e chega a R$ 83.490 na Activ7, de sete lugares.

A Chevrolet apresentou a linha 2019 da Spin, rotulando o modelo de “crossover”. Continua sendo uma minivan, a única nacional, o que não é demérito algum, pelo contrário. Na indústria automotiva, crossover é um modelo derivado de algum carro que se aproxima das características dos SUVs. Pela versatilidade e configuração de carroceria, atrai tanto taxistas como famílias mais numerosas. O modelo chega com importantes alterações no desenho externo e no acabamento. Com isso oferece ao comprador estilo mais atual e sofisticação.

Conhecido por seu amplo espaço interno, o Spin ganhou também mais versatilidade e conforto, com a adição de soluções tecnológicas inovadoras para a categoria e aprimoramentos no conjunto mecânico para melhor dinâmica e segurança veicular.

O novo Spin está chegando às concessionárias em quatro opções de acabamento (LS, LT, LTZ e Activ) divididas em sete configurações, sendo duas inéditas: uma versão mais acessível com transmissão automática e a “aventureira” com opção de sete lugares. Outra novidade é a segunda fileira de bancos corrediça, que se move 11 cm.

FRENTE NOVA

O capô ganhou maior inclinação, o que privilegia também a aerodinâmica. Os faróis mais afilados e com opção de luz diurna em LED ajudam a criar um aspecto tecnológico; o para-choque também mudou.

A traseira foi toda remodelada. O carro agora traz um spoiler -que a GM erroneamente chamou de aerofólio- na parte superior da tampa, que ganhou janela com contornos mais envolventes, nicho central para a fixação da placa e lanternas mais alongadas e bipartidas.

Diferentes materiais, linhas e acabamentos ajudam a diferenciar as versões. Enquanto a versão Activ traz visual mais esportivo e aventureiro, a versão de luxo LTZ valoriza o requinte com cromados na moldura da grade frontal, no friso traseiro e nas rodas de 16 polegadas com acabamento exclusivo.

Independentemente da versão, o conjunto ressalta a percepção de que o veículo está melhor dimensionado e mais encorpado. O Spin tem ainda a versão LS, pensada para clientes que buscam um carro igualmente espaçoso, porém mais acessível para o trabalho.

O Novo Spin estreia em oito opções de cores para a carroceria: Preto Ouro Negro, Branco Summit, Prata Switchblade, Cinza Satin Steel, Cinza Graphite e Azul Blue Eyes, além dos inéditos Azul Caribe e Amarelo Stone, exclusivas das versões LTZ e Activ, respectivamente.

POR DENTRO

O Spin  praticamente não tem concorrentes n segmento das minivans, por isso busca encontrar adversários na mesma faixa de preço, onde se destaca pelo bom espaço para ocupantes e bagagens. O carro estreia a segunda fileira corrediça de bancos. Por ser montado sobre trilhos, pode ser movimentada em 11 centímetros (cinco centímetros para frente e seis centímetros para trás), para ajudar a redistribuir melhor os espaços conforme a necessidade do usuário. O encosto desse banco também pode ser ajustável em inclinação.

 

Além disso, a parte traseira do encosto dos bancos do motorista e do carona foram redesenhadas, para ampliar em mais 2,6 cm o vão até a segunda fileira de assentos.

Para maior segurança, foram acrescentados à linha 2019 pontos de ancoragem para cadeirinhas infantil do tipo Isofix e Top Tether, além do quinto apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos no assento central. Luzes de neblina, ajuste de altura dos faróis e luzes repetidoras de direção nos para-lamas dianteiros somam-se a esta lista.

Outra novidade é a opção da terceira fileira de bancos para a versão aventureira do Spin, a Activ7, em referência ao número máximo de ocupantes que o veículo pode transportar. Os dois assentos extras podem ser rebatidos para ampliar o volume de carga.

Nas configurações de cinco lugares do Spin, o porta-malas de 710 litros pode chegar 756 litros com a segunda fileira de bancos toda avançada.

O mesmo salto de qualidade promovido na parte externa também se observa no interior do Chevrolet, com a aplicação de materiais de mais refinados e soluções tecnológicas de veículos de categoria superior. O desenho do painel e console do Spin traz maior refinamento e combina diferentes texturas e cores que se estendem aos revestimentos dos assentos.

COM LUXO

O maior incremento está na versão de luxo LTZ, que passa a adotar revestimentos premium nos bancos com costura pespontada, acompanhando o mesmo estilo aplicado no acabamento do volante.

Com maior quantidade de mostradores e opção de novo computador de bordo, o quadro de instrumentos, por exemplo, passa a ser compartilhado com o Chevrolet Tracker. Saídas do ar-condicionado, porta-luvas, moldura da central multimídia e comandos (como o dos vidros, travas e retrovisores elétricos) foram atualizados pensando também na ergonomia.

O novo Spin sempre ofereceu diversos itens de comodidade, oferecendo de série os equipamentos valorizados pelo consumidor, como ar-condicionado, direção com assistência elétrica e transmissão de seis velocidades, além de travas e vidros elétricos com comando por controle remoto na chave. Retrovisores externos com ajuste elétrico e sensor de estacionamento agora são itens de série desde a versão LT, que ganha ainda uma configuração com transmissão automática.

O Novo Spin também capricha na cada vez mais necessária conectividade, com o multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay além da opção do sistema OnStar, que agora é capaz de alertar o usuário para o não esquecimento de objetos e pessoas nos bancos traseiros do carro, semelhante ao usado no Equinox. Essa tecnologia exclusiva da Chevrolet permite, entre outros serviços, comandar funções do veículo e realizar checagem de sistemas de forma remota, por meio de aplicativo no smartphone. 

MAIS NOVIDADES

Na linha 2019, as versões mais sofisticadas (LTZ e Activ) do Spin somam comodidades como a câmera de ré com linhas guias, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, ajuste de altura dos faróis e luz de posição em LED.

As inovações promovidas no Spin se estendem também para a dinâmica do veículo. Para isso, recebeu tecnologias que elevaram a segurança e melhoram a dirigibilidade, principalmente em condições adversas. A suspensão foi recalibrada para proporcionar condução mais suave. No test drive que fizemos na região em torno de Foz do Iguaçu (PR) ficou clara a melhor capacida de absorção de irregularidades e controle do veículo.

No caso da versão Activ, o estepe deixou a posição externa na tampa do porta-malas e foi para o assoalho do porta-malas. Isso e o rearranjo de outras massas contribuíram para a melhor concentração do peso na parte inferior do veículo, reduzindo o centro de gravidade.

O Spin é equipado com o mais uma vez atualizado motor Flex 1.8 ECO de até 111 cavalos de potência e 17,7 mkgf de torque máximos, com transmissão automática ou manual de seis velocidades. 

A nova calibração da transmissão automática deixou as trocas de marcha mais suaves e quase imperceptíveis, aproveitando ao máximo o alto torque do motor. Não é suave como o Powerglide dos antigos Buick dos anos 1950, mas agrada. O resultado se reflete também no desempenho do carro no dia a dia, com a melhora de quase um segundo nas acelerações e retomadas de velocidade.

DESEMPENHO

O Spin Activ7 acelera de zero a 100 km/h em até 11,3 segundos e retoma de 80 a 120 km/h em até 9,7 segundos, enquanto o consumo urbano é de 10,3 km/litro (gasolina) e 7 km/l (etanol) e o consumo rodoviário é de 12 km/l (g) e 8,3 km/l (e), de acordo com dados do Inmetro.

Contribui também para esse resultado a sexta marcha e grade ativa do radiador, tecnologia exclusiva da Chevrolet na categoria das minivans. O sistema abre e fecha automaticamente as aletas da grade de acordo com as condições de velocidade do veículo e necessidade de refrigeração do motor. Quando fechada, há redução do arrasto do ar e melhora da aerodinâmica.

Já o Spin LTZ (MT6), por exemplo, acelera de zero a 100 km/h em até 10,2 segundos e de 80 a 120 km/h em até 11,7 s, enquanto o consumo urbano é de 10,4 km/l (g) e 7,8 km/l (e) e o consumo rodoviário é de 13,2 km/l (g) e 9,0 km/l (e).

A ACTIV

A proposta aventureira, Spin Activ, chega completamente atualizada por fora e por dentro, o que inclui também melhorias na parte mecânica, para adequá-lo às novas demandas do consumidor que busca um veículo versátil, com posição elevada de guiar, mais sofisticado e esportivo.

Em relação a versatilidade, também usa a segunda fileira de bancos deslizante. Outra novidade da versão é o lançamento da configuração de sete lugares, denominada Activ7, que agoa é o op de linha da gama.

O novo Spin Activ chama atenção pelo visual mais discreto, com evoluções perceptíveis. Diferentes materiais e acabamentos ajudam a destacar o estilo aventureiro da versão Activ. Destaque para a moldura em Dark Chrome da grade.

Na lateral do Spin Activ há novos elementos estéticos e funcionais nas portas, soleira, para-lamas e rodas de 16 polegadas.  Na traseira, tudo redesenhado, como nas demais versões, e o estepe reposicionado sob o assoalho do porta-malas, melhorando o acesso ao compartimento e a visibilidade traseira. Novidade no teto é o rack exclusivo da versão, em forma de “U”, que pode receber barras transversais para o transporte de bicicletas, por exemplo.

O Spin Activ tem seis opções de cores para a carroceria: Preto Ouro Negro, Branca Summit, Prata Switchblade, Cinza Satin Steel e Azul Old Blue Eyes, além do inédito Amarelo Stone.

 

A Activ conviverá com a tradicional configuração de cinco lugares e porta-malas de 710 litros – pode chegar 756 litros com a fileira central de bancos toda avançada.

CONCLUSÃO

O Chevrolet Spin é bastante criticado pelo seu desenho, mas isso é injusto. Trata-se de um carro que privilegia o uso, e não a forma. Nascido em 2012 com a dura missão de substituir numa tacada só as minivans de origem Opel, Zafira (que teve projeto trabalhado pela Porsche) e Meriva, acabou ficando sozinha no mercado brasileiro das minivans, tipo de carroceria em desuso no mundo todo.

Restou à GM dar um upgrade no modelo, tentando convencer o consumidor de que é um crossover, quase um SUV. Não importa, é um carro agradável de dirigir, prático e eficiente na sua proposta. No nosso gosto particular, ficaria fantástica com motor V6, rodas e pneus maiores e mais largos e versão esportiva. Mas isso jamais vai acontecer.

O Spin agrada pelo que propõe, tem preço razoável (afinal, o que é barato hoje no Brasil?) e seus principais argumentos são a versatilidade, espaço interno e consumo de combustível.

A ampla rede de assistência Chevrolet e baixo custo de manutenção também são imporantes para o sucesso do modelo. No caso do Spin Activ 2019, ele estreia com um plano de revisões mais acessível. A garantia é de três anos.

 

Confira os preços e equipamentos do Spin 2019

Chevrolet Spin LS 1.8 MT6  – R$ 63.990

Equipamentos: Ar-condicionado, alarme, vidros elétricos, banco do motorista com ajuste de altura, encosto traseiro com regulagem de inclinação, chave “canivete”, coluna de direção ajustável, direção hidráulica, rodas de aço de 15 polegadas, lanternas de neblina, cornering light, ajuste de altura dos faróis, ISOFIX e top tether, apoio de cabeças e cinto de segurança de 3 pontos central, novo painel de instrumentos e segunda fileira de bancos deslizante.

Chevrolet Spin LT 1.8 MT6 – R$ 68.890

Equipamentos: Acrescenta ao Spin LT central multimídia MyLink com tela de 7 polegadas e conexão Android Auto e Apple CarPlay, espelhos retrovisores na cor da carroceria, rack no teto, rodas de liga leve de 15 polegadas, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento e volante multifuncional.

Chevrolet Spin LT 1.8 AT6 – R$ 69.990

Equipamentos: Os mesmos da LT manual, mais transmissão automática de seis marchas, cruise control, volante com revestimento premium, sistema OnStar e alerta de esquecimento de pessoas.

Chevrolet Spin LTZ 1.8 MT6 – R$ 78.490

Equipamentos: Acrescenta ao LT AT6 faróis de neblina, computador de bordo, rodas de liga leve aro 16, luz diurna de LED, câmera de ré, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis e acabamento premium para os bancos e forros de porta.

Chevrolet Spin LTZ 1.8 AT6 – R$ 81.990

Equipamentos: Os mesmos da LTZ manual, mais câmbio automático de seis marchas.

Chevrolet Spin Activ 1.8 AT6 – R$ 79.990

Equipamentos: Os mesmos da versão LTZ AT6, acrescentando pneus de uso misto, visual aventureiro, molduras nas bordas dos para-lamas e caixas de ar, frisos laterais, acabamento externo em cromo escurecido e rack no teto.

Chevrolet Spin Activ7 1.8 AT6 – R$ 83.490

Equipamento: Todos os itens das versões anteriores, mais a terceira fileira de bancos.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *