Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

LANÇAMENTO: explicamos como o Novo Chevrolet Onix atropelou a concorrência

Compartilhe!

 

Como substituir um campeão de vendas? A Chevrolet tem a resposta: um carro todo novo, muito mais equipado e atual e sem custar um centavo a mais. Isso mesmo. Um pouco antes do esperado, a Chevrolet apresentou a nova geração do Onix (hatch)e o Onix Plus (sedã, que deixou de nome o lado Prisma). O modelo, que substitui as versões mais caras do carro mais vendido do Brasil nos últimos cinco anos (a versão Joy continua em produção), chega às concessionárias em novembro. Mas a marca apresentou os carros à imprensa especializada, já divulgou as versões, preços e equipamentos do modelo. Uma boa surpresa, pois se trata de um carro realmente novo, excelente em quase todos os aspectos, com wi-fi a bordo e com preços que provocarão pesadelos nos concorrentes: de R$ 48.490 a R$ 72.990.

 

Com exceção das configurações 1.0 e a LT 1.0, que estão equipadas com o novo motor 1.0 de três cilindros e 82 cv, o restante da linha usa a versão turbo do mesmo motor, capaz de desenvolver 116 cv. O 1.0 aspirado pode ser equipado apenas com câmbio manual de seis marchas. Já o turbo pode ter o automático, também de seis velocidades. 

O novo Onix é agora um carro mundial, e a marca prevê que, a cada cinco carros Chevrolet vendidos no mundo, um será Onix. Na era digital, nenhum outro carro nacional impressiona tanto quanto o Onix. O compacto da Chevrolet  foi lançado em 2013 e recebeu face lift em 2016, mas já havia se transformado no carro mais vendido do nosso mercado, quando de maneira inteligente, a Chevrolet tornou acessíveis tecnologias antes restritas a carros mais caros, entre elas sistemas de conectividade e transmissão automática de seis marchas. Agora o Novo Onix que chega ainda mais tecnológico e com o melhor conjunto mecânico do segmento, sem cobrar nada mais por isso.

CRESCEU

Maior e mais refinado, o Novo Onix vai trazer para a categoria tecnologias capazes de se antecipar às necessidades do usuário. A começar pelo Wi-Fi nativo com sinal até 12 vezes mais estável que o normal. Sua conexão à internet de alta velocidade permite ainda atualizar sistemas do veículo de forma remota, como acontece com smartphones. Um novo aplicativo permite ao motorista consultar desde informações do computador de bordo até iniciar a climatização do interior à distância.

Motor turbo, assistente de estacionamento semiautônomo, partida por botão, sensor de ponto cego e nova geração do multimídia MyLink são outras novidades disponíveis para o Novo Onix e para o Novo Onix Plus, como passa a ser chamado o sedã.

Já seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controle eletrônico de estabilidade, assistente de partida em rampa e limitador de velocidade passam a complementar a lista de itens de série. Estreia com o novo carro o motores 1.0 de três cilindros de nova geração da “família” Ecotec, aspirado ou turbo, os mais econômicos da categoria.

O Novo Onix Plus já está disponível nas concessionárias, enquanto as entregadas do hatch se iniciam em novembro. Ambos contam com as opções de acabamento Onix (de entrada), LT, LTZ e a nova Premier, que identifica a versão de máxima sofisticação na Chevrolet. 

Rodando, o Novo Onix caracteriza-se pelo o melhor equilíbrio entre economia de combustível, desempenho e prazer ao dirigir, em nível jamais alcançado em sua categoria. Isso se traduz em melhor comportamento dinâmico, conforto e segurança. Durante a avaliação que fizemos, impressionou o bom desempenho, consumo na casa dos 17 km/litro a 100 km/h e estabilidade direcional. As suspensões trabalham de maneira correta e silenciosa, apenas o isolamento da parte traseira merece um pouco mais de atenção.

PROJETO E DESENHO

A concepção do Novo Onix envolveu um time global de especialistas de diversas áreas, adequando o projeto às necessidades de cada mercado, e contou com as mais avançadas ferramentas de desenvolvimento da General Motors, no Brasil e no mundo.

 

O carro traz desenho completamente inédito e alinhado com a nova linguagem estética dos veículos globais da Chevrolet. É caracterizado por proporções marcantes e bem definidas, com traseira curta e alta no Plus, que criam um visual moderno e refinado. Dificil acreditar que sua história remete ao primeiro Prisma. 

Tanto o hatch quanto o sedã carregam consigo as diretrizes que permearam o desenho e projeto do Novo Onix, marcado pelo apelo esportivo e dinâmico ao mesmo tempo. Da coluna central para trás, cada um ganha personalidade própria, inclusive com dimensões distintas.

Só de olhar você percebe que o Novo Onix cresceu e que suas medidas estão maiores, principalmente na largura, distância entre-eixos e comprimento. No caso do sedã, esse incremento foi de 41 mm, 72 mm e 194 mm, respectivamente. Mas a impressão é que o modelo ficou bem mais longo que seus 4.476 mm e mais largo que seus 1.746 mm.

Na frente, aliás, destaca-se a nova grade ao estilo “Dual-Port” da Chevrolet, com a parte de baixo maior para otimizar o arrefecimento do motor. A parte superior, mais estreita, acompanha o contorno do conjunto óptico com a “gravatinha” dourada ao centro. A obrigatória placa atrapalha um pouco o desenho da dianteira.

Na versão Premier os faróis contam com projetores, que reforçam a condição premium do novo top de linha. Já as luzes de condução diurnas em “L” contornam a base do para-choque. O LED não só cria um belo efeito visual, como ajuda a proporcionar uma aparência mais tecnológica.

O para-choque traz elementos aerodinâmicos na parte inferior, enquanto o capô é marcado por vincos que seguem pelo teto e se estendem até a tampa traseira. Os vincos também foram pensados para dar rigidez extra às chapas de metal. O ângulo de inclinação do capô do Novo Onix garante maior proteção a pedestres em caso de impacto (segundo a GM) e contribui para reduzir a resistência e o ruído do vento em altas velocidades.

Na lateral, as linhas que integram todo o veículo são bem horizontais, enquanto as “esculturas” da carroceria realçam o dinamismo do carro. O friso cromado rente aos vidros destaca a linha de cintura elevada e ao mesmo tempo agrega sofisticação à versão Premier, que traz rodas de 16 polegadas com desenho exclusivo. Em relação a parte traseira, o Onix Plus diferencia-se pelas amplas lanternas bipartidas, que se estendem até a tampa do porta malas. 

O novo formato da carroceria trouxe avanços adicionais, entre eles o melhor aproveitamento do compartimento de bagagem. As dobradiças foram deslocadas para as extremidades da tampa, permitindo a acomodação de objetos mais largos. Não chegam a ser tão eficientes nesse quesito quanto as pantográficas, mas cumprem de maneira correta sua função.

O hatch conta com uma silhueta mais dinâmica. A tampa traseira tem contorno exclusivo do modelo, a coluna “C” é mais larga, e o spoiler integrado. Atrás, as lanternas têm formato mais quadrado e “assinatura” luminosa em LED diferente do  sedã.

O para-choque caracteriza-se pelo desenho integrado com refletores verticalizados nas laterais. Outro elemento é a moldura escura na parte inferior, onde fica a placa do veículo.

INTERIOR E ACESSÓRIOS

O agora internacional Onix chega oferecendo mais conforto para todos os ocupantes. Nota-se o cuidado na execução de cada elemento. Desde as texturas do painel, passando pela tela tipo 3D dos alto-falantes até a moldura estilizada do console central. Um pouco de plástico demais, mas tudo bem organizado.

O volante tem novo desenho, boa empunhadura, regulagem de altura e de profundidade e tecla para limitar eletronicamente a velocidade, algo útil, por exemplo, para evitar multas.

Logo atrás do volante está o quadro de instrumentos com velocímetro e conta-giros de fácil leitura, analógicos. As molduras são cromada e os ponteiros iluminados por LED. Ao centro fica o computador de bordo com tela digital.

Outro destaque é o sistema multimídia MyLink de nova geração. Do tipo flutuante, ele otimiza a visualização da tela e permite fácil acesso aos sistemas, entre eles o ar-condicionado digital com função de recirculação automática no Premier.

Os bancos dianteiros com encosto inteiriço e estão disponíveis para todas versões. No top de linha, o cliente pode escolher entre duas composições de acabamentos premium para o interior, de “couro sintético” (como se houvesse vaca plástica…): preto com cinza ou preto com marrom claro.

Os passageiros traseiros também ganharam atenção. As dimensões foram ampliadas, e o banco, redesenhado para melhor acomodação da cabeça, quadril e ombros. Só para os joelhos são mais 36 mm de espaço. Foram instalar duas tomadas USB no final do console central, além de porta-objetos maior.

O Novo Onix chega com uma longa lista acessórios originais. Todos foram desenvolvidos juntos com o veículo para que fossem realmente uma extensão do produto. Neste conceito, os acessórios podem ser adquiridos individualmente ou em “pacotes” que complementam cada versões.

Entre outros “pacotes” há o Kit Elegance, com peças cromadas que deixam o carro com aparência mais sofisticada; o Kit Sport, com spoilers dianteiros e laterais, além de spoiler e rodas escurecidas; e o Kit Adventure, com itens como protetores de para-choque, rack de teto e rodas diferenciadas.

ELETRÔNICO

Com cada vez mais aparelhos eletrônicos capazes de se conectarem entre si e com seus usuários para compartilhar informações, facilitando o dia a dia das pessoas, o Novo Onix foi totalmente projetado dentro do conceito de carro inteligente. Afinal, é um moderno carro mundial e, até então, este conjunto era exclusividade de veículos de preço muito superior.

O Novo Onix é capaz de identificar seu motorista pela presença da chave eletrônica e permitir o destravamento da porta e o acionamento da partida por botão. Antes mesmo de embarcar, é possível iniciar a climatização da cabine pelo aplicativo. Já a bordo, o Wi-Fi do carro se conecta automaticamente ao smartphone do usuário. E se uma atualização estiver disponível para determinados módulos eletrônicos do carro, nem é preciso ir à concessionária, pois a operação é feita de forma remota via internet.

O sensor crepuscular entende que a luminosidade está baixa e liga os faróis. Em caso de acidente mais grave, o carro pode avisar a central 24h do OnStar com sua posição para envio de resgate. Precisa de ajuda para estacionar? Basta apertar um botão para iniciar o auxílio, que usará os sensores ultrassônicos para calcular a manobra; a câmera de ré projeta o panorama traseiro, e o volante esterça sozinho. O carregador de celular por indução (sem fio) é outra tecnologia ofertada para o Novo Onix, excelente para os smartphones que tem esse recurso.

 

O Onix sempre foi pioneiro em relação a conectividade em seu segmento. Foi o primeiro a ter multimídia (MyLink), popularizou os sistemas de projeção Android Auto e Apple Carplay, e até hoje é o único a oferecer sistema de telemática avançada (OnStar), que permite, entre outras funções, comandar funções do veículo pelo aplicativo.

Agora, o Onix passa a ser o primeiro em sua categoria a oferecer Wi-Fi embarcado a bordo, tecnologia que acabou de ser apresentada no Cruze. Com isso, o usuário não precisa usar o plano de dados pessoal para acessar a internet. No caso Onix -como no Cruze- o sistema de internet de alta velocidade é nativo. Ou seja, faz parte da arquitetura eletrônica do veículo.

Outra vantagem é que a antena amplificada do veículo proporciona intensidade de sinal até 12 vezes superior em deslocamentos, além do máximo nível de segurança cibernética proporcionado por um sistema integrado ao veículo.

De acordo com a GM, enquanto a concorrência atinge o nível 2 de conectividade, o Novo Onix inaugura, com o Wi-Fi, o nível 4, o mais avançado disponível no mercado. O Wi-Fi da Chevrolet é parceria exclusiva com a Claro. Além dos 3 GB ou três meses de cortesia para experimentação, o cliente poderá adquirir futuramente planos de dados adicionais de 2 GB até 20 GB/mês.

Outra novidade que estreia com o Novo Onix é o myChevrolet App. Ele permite maior interação entre o usuário e o veículo. Pelo aplicativo é possível consultar informações do computador de bordo, entre elas o nível de combustível, a vida útil do óleo, o hodômetro e a pressão individual dos pneus. Dá para consultar até se há informações de recall.

Pelo myChevrolet App o usuário tem acesso a diversas funcionalidades, como a que proporciona relatórios por viagem, por dia, semana ou mês quanto a forma de condução para quem deseja se aprimorar ao volante e dirigir de forma mais eficiente. Funções do veículo também podem ser comandados por smart watch. Esta tecnologia está disponível para o Novo Onix equipado com o sistema OnStar.

Alertas e diagnósticos do veículo, notificações de manutenção para a concessionaria e relatórios de condução inteligente são gratuitos durante os 10 primeiros anos de uso do veículo, caso o cliente assim queira. Há ainda um pacote do OnStar com diversos serviços complementares, mas sem  serviço de concierge.

Em relação a nova geração do multimídia MyLink, ele está mais responsivo aos comandos, traz maior velocidade de processamento, novo layout, resolução gráfica superior, possibilidade de customização e novas telas, entre elas a que permite exibir informações do sistema de áudio e do telefone ao mesmo tempo.

Outra novidade é a possibilidade de pareamento simultâneo de até dois celulares por Bluetooth. O multimídia é compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay para projeção de aplicativos, incluindo os principais de trânsito online e os de troca de mensagens, como o Whatsapp. Para evitar distrações, há comando por voz.

SEGURANÇA

Mais do que forma e conteúdo, o Novo Onix evolui em aspectos que não estão aparentes, mas são importantes. Por isso, desde as versões de entrada, o carro vem equipado com um abrangente “pacote” de segurança.

Airbags frontais, laterais e de cortina; controle eletrônico de estabilidade e de tração; assistente de partida em rampa; sistema de monitoramento da pressão dos pneus; sistemas Isofix e Top Tether para ancoramento de cadeirinhas infantis e alerta de não afivelamento dos cintos incrementam a lista de itens de série.

A estrutura do novo Onix também foi reforçada e agora usa 17% mais de aços de alta resistência. Vários componentes estruturais foram otimizados para melhor eficiência. Um dos focos foi a eliminação de peso. Com a nova suspensão, foram eliminados 6 kg; do novo sistema de propulsão, mais 15 kg. Já o novo eixo traseiro ficou quatro vezes mais rígido.

Melhorias paralelas que chegam com esta geração do Chevrolet são os discos de freios dianteiros redimensionados, os rolamentos de rodas de terceira geração semelhantes aos do Cruze e os reforços no conjunto de isolamento acústico.

O carro recebeu do Latin NCap cinco estrelas nas provas de segurança para adultos, pedestres e crianças.

MECÂNICA

 

A segunda geração do Onix chega como motor inteiramente novo, de três cilindros, da “família” Ecotec, produzido em Santa Catarina, a partir de um projeto Opel. Chega em duas configurações: 1.0 aspirado (até 82 cv/10,6 mkgf) e 1.0 turbo (até 116 cv/16,8 mkgf).

O motor Ecotec 1.0 Flex Turbo conta com as mais modernas tecnologias disponíveis, como bloco de alumínio, cabeçote com duplo comando variável de válvulas, coletor de escapamento integrado, bomba de óleo de duplo estágio de pressão variável, além de diversos conceitos inovadores ou até mesmo inéditos na categoria. Entre eles, volante do motor com sistema de dupla massa suspensa que absorve de forma mais eficiente as vibrações provenientes do motor para a transmissão; correia dentada imersa em óleo, de funcionamento mais silencioso que o sistema de correntes usado pela concorrência e igualmente livre de manutenção até 240 mil km; otimização do virabrequim para que os pistões fiquem deslocados do centro dos cilindros, para menor atrito da movimentação dos pistões.

Outro dos segredos do desempenho deste motor está no sistema avançado de gerenciamento eletrônico, que potencializa os resultados tanto na configuração manual como na automática, ambas de seis marchas.

O Novo Onix Plus 1.0 Turbo Flex acelera de zero a 100 km/h em 9,7 segundos (com etanol),  números melhores que os do Cobalt 1.8, por exemplo.

Várias destas tecnologias também contribuem para o menor consumo de combustível e posicionam o novo Onix Plus como o modelo turbo mais econômico do mercado, de acordo com dados do Inmetro. Com gasolina, o Novo Onix Plus com transmissão manual roda, em média, 17 km/litro na estrada e 13,7 km/litro na cidade. Os números com etanol são 12,2 km/l e 9,6 km/l, respectivamente. 

Este novo conjunto mecânico foi projetado para ter maior durabilidade. Para isso, foram desenvolvidas diferentes soluções, como um sistema de injeção eletrônica com bicos aquecidos mais estável a oscilações de qualidade do combustível.

A maior durabilidade reflete na menor necessidade de revisões: o intervalo das revisões subiu de 5 mil para 10 mil quilômetros.

 

O desenvolvimento da calibração do Novo Onix foi realizado no Campo de Provas da GM em Indaiatuba (SP). O carro dará origem a mais três carrocerias além do hatch e do sedã, todas sobre a plataforma VSS. Poderemos ter um SUV, nos moldes do Trailblazer chinês, a ser fsbricado na Argentin, para enfrentar o Compass, intermediário entre um outro futuro SUV compacto e o Equinox. O outro produto deverá uma picape cabine dupla.

CONCLUSÃO

A Chevrolet foi cruel com a concorrência, evoluindo muito seu campeão de vendas, mantendo preços e criando assim uma enorme dor de cabeça para quem das outras montadoras já tinha sonhos ruins com o Onoix. De um dia para outro o pequeno Chevrolet deixou todos os seus concorrentes antiquados e superadosVai continuar no gosto do consumidor, deve conquistar ainda mais admiradores e redefinirá o segmento.

 

PREÇOS E VERSÕES

Onix 1.0 – R$ 48.490 – Motor 1.0 Ecotec de até 82 cv e 10,6 mkgf, tendo de série seis airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, três entradas USB (duas atrás), sistema de áudio e vidros e travas elétricas nas quatro portas, entre outros.

Onix 1.0 LT – R$ 51.590 – Acrescenta MyLink com Android Auto, CarPlay e OnStar.

Opcionais:

  • LT1 – R$ 53.790 – Abertura de porta e partida sem chave, sensor crepuscular, câmera de ré e carregador wireless.
  • LT2 – R$ 54.625 – Acrescenta ao LT1: OnStar e internet 4G com Wi-Fi.
  • LT3 – R$ 55.590 – Acrescenta ao LT2: faróis de neblina e rodas de liga leve aro 15 

Onix 1.0 Turbo – R$ 55.590 – Mesmos itens do 1.0 manual, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças na alavanca.

Onix 1.0 LT Turbo – R$ 57.590 – Acrescenta aos itens acima: faróis de neblina, rodas de liga leve aro 15, OnStar e Wi-Fi.

Onix 1.0 LT Turbo AT – R$ 62.890 – Acrescenta aos itens acima:  cruise controlo com limitador de velpocidade, volante com acabamento premium e transmissão automática de seis marchas.

Onix 1.0 LTZ Turbo – R$ 60.990 – Acrescenta ao 1.0 Turbo LT manual: carregador wireless, câmera de ré, sensor crepuscular e entrada e partida sem chave.

Onix 1.0 LTZ Turbo AT – R$ 66.290 – Todos itens acima, mais cruise control com limitador, volante premium e câmbio automático de seis marchas.

Onix 1.0 Premier Turbo – R$ 69.990 – Itens acima, mais rodas de liga leve aro 16, faróis com projetores, LEDs diurnos, lanternas em LED e bancos em couro sintético e tecido.

Opcionais: 

  • Premier II – R$ 72.990 – Interior em preto e caramelo, ar condicionado digital, alerta de ponto cego, estacionamento automático e bancos de couro.
  • Premier III – R$ 72.990 – Interior em preto e cinza, ar condicionado digital, alerta de ponto cego, estacionamento automático e bancos de couro.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *