Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

LANÇAMENTO: Kia Rio 1.6

Compartilhe!

Depois de anos de idas e vindas, finalmente a Kia pensou grande e apresentou no Brasil a quarta geração do hatch compacto Rio, que chega em duas versões, ambas com motor 1.6 flex: LX, por R$ 70 mil, e EX, por R$ 79 mil. Uma curiosidade. A primeira geração do Rio, lançada em 1998, substituiu o Pride, que foi vendido em alguns mercados como Ford Festiva e em outros como Mazda 121.

por Marcos Cesar Silva

O motor é o mesmo 1.6 16 válvulas flex do HB20, com 123 cv de potência máxima e 16 mkgf de torque também máximo, abastecido com gasolina; com etanol, oferece 130 cv e 16,5 mkgf. A transmissão automática de seis velocidades é padrão. O Rio mede 4,06 metros de comprimento, 1,72 m de largura e 2,58 m de entre-eixos. A capacidade do porta-malas é de 325 litros. O hatch pesa 1.141 kg.

O Rio chega para disputar espaço com o novo Chevrolet Onix, Fiat Argo, Hyundai HB20 -com quem compartilha motor- e Volkswagen Polo, entre outros.É fabricado em Pesquería, no México, e traz garantia de cinco anos ou 100 mil km; desde o ano 2000, já teve mais 6,7 milhões de unidades vendidas pelo mundo.

O carrinho é bem equipado e transmite sensação de robustez. As duas versões trazem câmera traseira de ré, controles eletrônicos de estabilidade e tração, monitoramento de pressão dos pneus, faróis com acendimento automáticos faróis de neblina, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, rodas de 15 polegadas e central multimídia com tela de 7 polegadas e conectividade com Android Auto e Apple Car Play. Na versão EX, o ar-condicionado é automático, bancos e volante são revestidos de couro, há cruise control, as luzes diurnas são com leds e os espelhos retrovisores contam com rebatimento elétrico. Airbags são apenas os frontais.
 
Depois de seguidos adiamentos, o Kia Rio finalmente desembarcou por aqui, em sua quarta encarnação. Além da missão de incomodar os concorrentes, por aqui ele terá a função de preencher o espaço entre o Picanto e o Cerato no portfólio da marca. Como vem do México isento o de Imposto de Importação, o preço competitivo está no mesmo patamar dos similares nacionais.
 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *