Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

LELLA LOMBARDI, UMA MULHER NA HISTÓRIA

Compartilhe!

Lella Lombardi, 1941-1992

No Dia Internacional da Mulher, nada mais justo do que relembrar a piloto italiana, que rompeu barreiras e preconceitos, e entrou para a história. Há 20 anos, no dia 3 de março de 1992, o automobilismo perdeu Lella Lombardi, primeira mulher a correr de Fórmula 1 e única mulher que pontuou na categoria. Maria Grazia Lombardi nasceu no dia 26 de março de 1941, em Frugarolo, Itália. Estreou na Fórmula 1 em 20 de julho de 1974. Fez 0,5 ponto no GP da Espanha de 1976 (a corrida foi interrompida por acidente e os pilotos receberam apenas metade dos pontos). Foi também a única mulher a ter uma carreira completa no automobilismo e única a se classificar numa prova entre os seis primeiros colocados.

Lella correu bem de Fórmula 3 e Fórmula 5000 no começo dos anos 1970, e estreou na Fórmula 1 com uma Brabham alugada. Correu a temporada de 1975 com um March. Depois fez algumas experiências com a Williams e com a Ram Racing, dirigindo outra Brabham.

Lella Lombardi também correu na Nascar, na Firecracker 400 na pista de Daytona, em 1977. Nesta prova, outras duas mulheres participaram, a americana Janet Guthrie e a belga Christine Beckers.

Lombardi depois fez várias provas de turismo, com algum sucesso. Morreu de câncer em Milão, em 1992, aos 50 anos.

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español