Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

LELLA LOMBARDI, UMA MULHER NA HISTÓRIA

Compartilhe!

Lella Lombardi, 1941-1992

No Dia Internacional da Mulher, nada mais justo do que relembrar a piloto italiana, que rompeu barreiras e preconceitos, e entrou para a história. Há 20 anos, no dia 3 de março de 1992, o automobilismo perdeu Lella Lombardi, primeira mulher a correr de Fórmula 1 e única mulher que pontuou na categoria. Maria Grazia Lombardi nasceu no dia 26 de março de 1941, em Frugarolo, Itália. Estreou na Fórmula 1 em 20 de julho de 1974. Fez 0,5 ponto no GP da Espanha de 1976 (a corrida foi interrompida por acidente e os pilotos receberam apenas metade dos pontos). Foi também a única mulher a ter uma carreira completa no automobilismo e única a se classificar numa prova entre os seis primeiros colocados.

Lella correu bem de Fórmula 3 e Fórmula 5000 no começo dos anos 1970, e estreou na Fórmula 1 com uma Brabham alugada. Correu a temporada de 1975 com um March. Depois fez algumas experiências com a Williams e com a Ram Racing, dirigindo outra Brabham.

Lella Lombardi também correu na Nascar, na Firecracker 400 na pista de Daytona, em 1977. Nesta prova, outras duas mulheres participaram, a americana Janet Guthrie e a belga Christine Beckers.

Lombardi depois fez várias provas de turismo, com algum sucesso. Morreu de câncer em Milão, em 1992, aos 50 anos.

 


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *