Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Mais barato, Ford Fusion 2017 é o pesadelo do novo Honda Civic

Compartilhe!

Fora insanidade ou desapego absoluto ao vil metal, existiria algum motivo muito forte para você comprar um carro e preterir um outro, do mesmo preço, uma ou duas categorias acima? É o caso do Honda Civic, que em sua versão mais interessante, a 1.5 Touring, custa exagerados R$ 124.900. Dá para comprar fácil um importado Ford Fusion 2017 e ainda levar um troco para casa. Um pesadelo que os japoneses precisarão contornar logo.

A Ford lançou a linha Fusion 2017, com novidades de desenho e tecnologias inéditas no segmento. O modelo está chegando às concessionárias em quatro versões de acabamento, todas completas e com equipamentos exclusivos em termos de segurança, dirigibilidade e conectividade.

A linha Fusion 2017 parte de R$ 121.500,00 no modelo flex (mais barata que o Honda Civic Touring) e tem três versões com motor turbo EcoBoost de 248 cv, com preços de R$ 125.000 (ainda no preço do Civic) a R$ R$154.000 no top da linha, com uma série de tecnologias semiautônomas. Como oferta especial de lançamento, há um plano de financiamento com juro zero, para pagamento em 12 vezes com entrada de 60%.

O novo Fusion é o primeiro carro da categoria a oferecer assistente de frenagem autônoma com detecção de pedestres. Oferece ainda piloto automático adaptativo com “stop and go”, que quando acionado acelera e freia automaticamente na aproximação de outro veículo. Tem também o alerta de colisão com assistência de frenagem autônoma, além do sistema “start and go”, que desliga e liga o carro no trânsito para maior economia de combustível.

Outra novidade é o sistema de estacionamento de segunda geração, para vagas paralelas e perpendiculares. Em termos de conectividade, vem com o sistema SYNC 3 com tela de 8 polegadas, que permite, por comandos de voz, acesso a telefone, navegador, música, climatização e aplicativos, além de interface Apple CarPlay e Android Auto para smartphones.

Ford Fusion 2.0 EcoBoost 2017- 7

A transmissão automática de seis velocidades é acionada pelo novo seletor E-shifter no console, no lugar da tradicional alavanca de câmbio, mais elegante e funcional. A lista de equipamentos inclui ainda oito airbags, sistema de monitoramento de ponto cego, sistema de permanência em faixa, sistema de detecção de cansaço, cintos de segurança traseiros infláveis e controle eletrônico de estabilidade e tração, que garantem o padrão cinco estrelas de segurança.

MAIS ESPORTIVO

O novo visual deixou o Fusion ainda mais esportivo e elegante, destacado pela grade dianteira cromada redesenhada. Os faróis ganharam perfil mais alongado, com lâmpadas halógenas nas versões SE e SEL e tecnologia Full LED na Titanium, ambos com luz diurna.

As lanternas traseiras de LED têm novo desenho e são unidas por um friso cromado. As rodas de liga leve de 18 polegadas também trazem três desenhos exclusivos. A linha tem sete opções de cores: branco Sibéria, preto Astúrias, azul Belize, vermelho Vermont, cinza Moscou, prata Dublin e prata Sevilla.

Os bancos de couro contam com ajuste elétrico, memória e aquecimento na frente, além de refrigeração na versão Titanium. O painel tem acabamento “soft”. A cabine, além do preto Ebony, oferece a opção Soft Ceramic, com bancos e detalhes das portas em couro claro na versão Titanium AWD.

 MAIS POTENTE

O novo Fusion 2017 teve a potência do motor 2.0 EcoBoost aumentada para 248 cv e ficou 7% mais econômico. O motor 2.5 Flex, de 175 cv, melhorou o consumo na mesma proporção. A transmissão automática de seis velocidades conta com Paddle Shift nos modelos 2.0 EcoBoost e, junto com o seletor rotativo E-shifter, acrescenta a função “Low” na versão Flex e Sport na EcoBoost.

A tração integral inteligente (AWD) tem nova interface, aumentando a estabilidade e tração em pistas escorregadias. O isolamento acústico aprimorado torna a cabine mais silenciosa.

O Novo Fusion chega para competir em vantagem com todos os veículos do segmento de sedãs premium. Além de preço competitivo, tem três anos de garantia e manutenção econômica. As três primeiras revisões somam R$1.636. O preço das peças de reposição também é o mais baixo da categoria.

Ford Fusion 2.0 EcoBoost 2017- 2

A marca oferece ainda os planos de revisão pré-paga com quatro ou cinco revisões, que ampliam a garantia de fábrica para quatro e cinco anos, respectivamente. O novo Fusion tem também apólice exclusiva dos Seguros Ford, com ampla cobertura e preço médio abaixo do mercado, tornando o custo de posse do novo sedã ainda mais vantajoso.

“O Ford Fusion é um carro muito competitivo no seu segmento. É um veículo premium importante para a imagem da marca no Brasil. Na linha 2017, traz o que há de mais avançado em tecnologia para a segurança, desempenho e conectividade”, disse Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español