Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

MANUTENÇÃO DE ROLAMENTOS PREVINE ACIDENTES

Compartilhe!

skf-coatedbearings

Falta de inspeção e manutenção dos rolamentps pode comprometer a segurança do veículo. Quem alerta é a SKF. Rodas, pneus, óleos e filtros estão entre os itens mais lembrados pelos proprietários de veículos na hora da manutenção básica de seus automóveis. As trocas destes componentes são importantes e contribuem para o bom funcionamento do veículo, mas o que poucos condutores sabem é que a verificação do rolamento -uma pequena peça instalada no eixo da roda- também deve ser feita periodicamente para garantir a segurança do veículo.

“Dependendo da gravidade do dano, a roda trava e o veículo perde completamente o controle. Um rolamento com problema pode causar acidentes gravíssimos”, alerta Alexandre Santana, consultor técnico da SKF do Brasil.

 O especialista recomenda que a inspeção do rolamento seja feita a cada 20 mil quilômetros. “Esta peça, a exemplo de outras partes da suspensão, merecem igual atenção e devem ser checadas durante a manutenção preventiva, até por serem considerados itens de segurança de um veículo”, explica Santana.

 Outro aspecto importante que deve ser observado na manutenção de um rolamento é seu tempo de vida útil. “Normalmente este componente dura cerca de 60 mil quilômetros. De qualquer forma, é prudente fazer a troca nesse período para evitar desgastes no futuro”, recomenda o especialista.

 Se a substituição for prorrogada e o rolamento apresentar problemas, o dono do veículo pode ter de arcar com despesas extras. “Um rolamento com defeito pode comprometer o bom funcionamento de outros componentes do sistema rodante. As falhas nesse conjunto podem levar à substituição de mais peças e onerar as despesas com manutenção”, diz o consultor.

 Além do check-up a cada 20 mil quilômetros, o usuário também pode detectar um problema de rolamento por meio dos ruídos. “Sempre que houver algum barulho, a pessoa deve levar o veículo até uma oficina e pedir para checar não só os freios e os pneus, mas também os rolamentos”, completa.

 Conheça algumas dicas do especialista para manter o rolamento em bom estado de funcionamento:

 – Os rolamentos tem vida útil média de 60.000 km, período que deve ser levado em consideração durante a inspeção periódica e para troca preventiva do componente.

 – Ruídos percebidos próximos à roda podem ser oriundos do rolamento. Peça a um mecânico de sua confiança para checar as condições da peça.

 – A garantia do produto está intimamente ligada à qualidade do serviço do aplicador da peça. Por isto, tenha muita atenção na escolha do responsável pelo serviço. A escolha pode evitar retrabalhos e despesas desnecessárias.

 – Ao adquirir um novo produto para substituição, o cliente deve se dirigir a lojas idôneas. Exija peças originais e de fabricantes reconhecidos no mercado. Em caso de dúvida quanto à procedência ou qualidade da peça, entre em contato com o SAC da empresa.

 A SKF

O grupo sueco SKF é líder mundial nas plataformas de rolamentos, vedações, sistemas de lubrificação, mecatrônica e serviços na área de confiabilidade em manutenção industrial. Dono de um faturamento de US$ 9,9 bilhões em 2012, o grupo está presente em mais de 100 países, com mais de 120 plantas industriais.

SKF___Svenska_Kullagerfabriken_by_PhenomFX

 A companhia chegou ao Brasil em 1915, oito anos depois de sua fundação na Suécia. No país, a empresa é líder de mercado nos setores em que atua. A produção da unidade brasileira está concentrada na planta industrial de Cajamar, instalada às margens da rodovia Anhanguera, a 30 km da cidade de São Paulo, onde são produzidos rolamentos para veículos leves e pesados.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español