Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Marca MG sobrevive e promete esportivo elétrico para este ano

Compartilhe!

facebook sharing button
twitter sharing button
linkedin sharing button
sharethis sharing button

Depois de um período com presença no mercado europeu limitada ao mercado britânico, a MG, hoje em dia nas mãos dos chineses, prepara agora um importante plano de expansão para os demais mercados europeus. Como “cartão de visitas”, temos um cupê esportivo elétrico, já para este ano de 2021.

 A notícia, divulgada pela imprensa britânica, traz mais detalhes, como a possibilidade de um modelo mais urbano e barato, SUV pequeno, o EHS Plug-In Hybrid, com autonomia 100% elétrica de 52 km.

Segundo notícias confirmadas pela marca, não somente o cupê esportivo, mas também com o pequeno elétrico a MG, hoje em dia nas mãos do gigante chinês Shanghai Automotive Industry Corporation (SAIC), espera obter grande volume de vendas na maioria dos mercados europeus.

O conceito MG E-Motion, base do futuro esportivo da MG.

Quanto ao cupê esportivo, com carroceria de duas portas e quatro lugares, deverá ter por base o MG E-Motion Concept (foto acima), exibido no Salão Automóvel de Xangai de 2017, confirmando, assim, as declarações do diretor para o produto, Zhang Liang, que então afirmou que o concept passaria à produção, caso às reações ao mesmo fossem positivas e apontassem nesse sentido.

Download wallpapers MG E-Motion, 2017, Rear view, sports car, coupe, sports  electric car, MG for desktop free. Pictures for desktop free


Por enquanto ainda sem nome, a verdade é que, nem mesmo a pandemia ou a queda na procura de automóveis foi suficiente para que a MG deixasse de lado seus planos. Em junho de 2020, surgiram, de forma não oficial, as imagens utilizadas pela SAIC, no registro da patente, na China.

Quanto ao aspectos técnicos e embora as informações sejam escassas, tudo aponta para que o esportivo tenha por base a plataforma modular -com dois motores elétricos e tração integral permanente- desenvolvida pela SAIC.

Quando da apresentação do concept, o fabricante chinês prometeu aceleração de zero a 100 km/h em menos de 4 segundos, além de autonomia na casa dos 480 km. Algo que vai além da capacidade anunciada pelo SUV da marca, o elétrico ZS, com bateria de 44,5 kWh, quea se mantém nos 262 km.

Finalmente e quanto a preços, boatos que circulam apontam para que o cupê possa surgir no mercado com valores pouco abaxo dos US$ 40 mil. Algo que não deixará de ser uma surpresa, porque o SUV ZS custa apenas cerca de US$ 34 mil.

Embora presentes no concept, as portas de abertura “tesoura” não deverão fazer parte da versão de produção do modelo

Certo mesmo é que será mais barato que os rivais diretos atualmente no mercado. Estando também garantido que o esportivo elétrico estará disponível, desde o início da comercialização, em todos os mercados europeus, mais Reino Unido e Austrália, onde a MG quer marcar presença. Data de lançamento prevista? No último trimestre de 2021.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español