Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

MCLAREN P1 ACELERA DE ZERO A 300 KM/H EM 15 SEGUNDOS

Compartilhe!

948x624

A entrega na semana passada da primeira unidade da McLaren P1 serviu também para que a marca divulgasse os dados oficiais do superesportivo. E os números –todos superlativos- prometem deixar com inveja seus mais diretos adversários, a Ferrari LaFerrari e Porsche 918 Spyder.

Segundo a McLaren, a P1 “demora” 2,8 segundos para alcançar os 100 km/h, o mesmo número anunciado pela Porsche para o 918 Spyder; a Ferrari garante apenas que a LaFerrari acelera de zero a 100 km/h em menos de três segundos, sem especificar o valor.

O P1 precisa ainda de míseros 6,8 segundos para atingir os 200 km/h e 15,6 segundos para bater os 300 km/h, 0,2 segundos a menos que a Bugatti Veyron SuperSport de 1200 cv. A velocidade máxima está limitada a 350 km/h, a 341 km/h no Porsche 918 Spyder e “mais” de 350 km/h na LaFerrari.

ANDA E PÁRA

O superesportivo híbrido precisa ainda de apenas 30,2 metros ou 2,9 segundos para se imobilizar completamente a partir dos 100 km/h, o que significa que este McLaren pode acelerar até 100 km/h e voltar à imobilidade em incríveis 5,7 segundos, menos tempo do que um Porsche Boxster leva para chegar aos 100 km/h.

E se estes números impressionam, o que dizer do espaço e tempo para se imobilizar a 200 km/h? São só 116 metros ou 4,5 segundos. Na frenagem a 300 km/h, a P1 precisa de 246 metros e 6,2 segundos apenas. Além disso, o P1 consegue ainda percorrer 20 km de distância em modo totalmente elétrico e apresenta média de consumo de 12 km/litro.

Nada mau para um carro com 916 cv de potência e 90 mkgf de torque máximo, extraídos de um motor 3.8V8 biturbo (o mesmo do MP4-12C), auxiliado por um motor elétrico de alto rendimento. Para levar tudo isso ao solo, a marca usa uma transmissão automática de dupla embreagem de sete velocidades.

A produção do P1 está limitada a 375 unidades (inicialmente seriam 500 unidades, reduzidas por motivos de exclusividade e de crise mundial), com a McLaren prevendo a produção de uma P1 por dia. Cada um custa US$ 1,2 milhão, fora impostos.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español