Última hora

MOTO&TÉCNICA: piloto da 1000GP morre em Curitiba

Compartilhe!

O piloto Daniel Lenzi perdeu a vida, neste último final de semana, depois de uma queda na prova de Moto 1000GP, no Autódromo de Curitiba, em Pinhais. O trágico acidente aconteceu no último treino livre para o GP Curitiba. Lenzi, da equipe Grinjets, sofreu um toque de Nick Iatauro e acabou perdendo o controle da sua moto, batendo com violência no guard rail.

294x276

Socorrido de imediato, o piloto de 34 anos não resistiu ao impacto e morreu ao chegar ao hospital. “Foi um acidente num local pouco habituial para saídas de pista, numa tarde com ótimas condições de pista e visibilidade normal”, explicou o diretor de prova Domingos Oliveira Júnior.

O treino foi imediatamente paralisado com bandeira vermelha. “Levamos poucos segundos para chegar ao local do acidente”, contou o médico Carlos Wahle, chefe da equipe de atendimento do Moto 1000 GP. “Encontramos o piloto de bruços, perdendo muito sangue. Ele foi imobilizado, entubado e transferido com vida pata o hospital. Todo o procedimento, incluindo o trajeto até hospital, levou 10 minutos”, explicou.

O piloto não resistu aos ferimentos. “Perdemos mais que um piloto. Perdemos um grande amigo, um dos sorrisos mais alegres do nosso evento”, lamentou o diretor do Moto 1000 GP, Gilson Scudeler.

Esta é a terceira morte nos últimos dois anos nesta competição. No ano passado, Cristiano Ferreira morreu aos 29 anos em Interlagos e em maio deste ano, Emerson Hidalgo passou duas semanas internado até falecer, após um acidente em Santa Cruz do Sul.


Compartilhe!
1716006411