Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Museu do Corvette tem atração extra: o buraco!

Compartilhe!

1601_0_thumb

Normalmente quando “o chão se abre sob nossos pés”, é um péssimo sinal. Foi o que aconteceu em fevereiro no Museu Corvette, no Kentucky, Estados Unidos, quando oito carros históricos foram tragados por uma cratera que se abriu no local. No entanto, como é costume dos americanos, logo alguém encontrou uma forma de lucrar com a desgraça.

Depois de oito semanas tentando reparar a maior parte dos estragos e empenhados na retirada dos carros e pedaços deles do fundo do buraco (alguns ficaram irremediavelmente destruídos), os responsáveis pelo museu notaram que a visitação tinha subido. Basicamente todos queriam ver o “buraco” do Museu Corvette e os carros estragados.

Atentos à oportunidade de negócio, os donos do Museu decidiram não tapar o buraco, mas sim deixá-lo aberto, pelo menos até o final do ano, quando será celebrado os 20 anos do museu.

Segundo estimativas, o aumento do fluxo de visitantes foi superior a 50%.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español