Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

NISSAN REVIVE A MARCA DATSUN COM O GO

Compartilhe!

d2

Nos Estados Unidos, a pronúncia Datsun soava como “filho morto”, em inglês, e por isso a marca foi rebatizada há quase 30 anos como Nissan. Agora a Datsun foi revivida, não no mercado americano, e sim com um carro –o Go- destinado a países de Terceiro Mundo. Como a Renault tem a Dacia, a Nissan agora tem a Datsun. Aqui no Brasil, o nome Go certamente causaria problemas com a Volkswagen.

d1

Este novo compacto de cinco portas marca o regresso, 27 anos depois, da marca que antecedeu a Nissan e que deixou boas recordações. Mas quem espera um esportivo ou um modelo de luxxo, está enganado: este Datsun é uma espécie de versão “low cost” da Nissan, direcionada apenas para mercados emergentes como Índia, Indonésia, Rússia ou África do Sul. Concebido com muitas soluções mecânicas do Nissan March, utiliza motor 1.2 de três cilindros a gasolina de 68 cv e, na versão diesel, o motor Renault 1.5 dCi de 64 cv, ambas com câmbio manual de cinco velocidades.

d4

Depois da Dacia e da Lada (voltada para o mercado russo), a Aliança Renault Nissan prossegue a sua estratégia de expansão global. Mesmo não tendo sido oficialmente vendida no Brasil, a marca Datsun traz boas lembranças na história do automóvel. Entre seus carros mais famosos, os Sunny, o conversível Fairlady e os  esportivos 240Z, 260Z, 280Z…

d6

O alvo do Go é em especial o mercado indiano, onde pretende competir com o Tata Nano, o carro mais simples e mais barato daquele mercado. É o primeiro carro novo a utilizar o conhecido emblema da marca em quase 30 anos e, nesta fase inicial, será construído e vendido na Índia. Posteriormente, será produzido e/ou comercializado em outros mercados emergentes, entre eles Rússia, Indonésia e África do Sul. O Brasil não é, por enquanto, citado, e também não existem intenções de comercialização nos mercados ocidentais, onde a Dacia já é a marca barata da Aliança. Isso apesar de que, no Brasil, carros Dacia são comercializados com a marca Renault, como é o caso do Sandero, Logan e Duster.

d3

O Go é um pouco mais longo (3785 mm), mais largo (1635 mm) e mais baixo (1485 mm) do que a versão européia do Nissan March. E foi projetado para custar 30% a menos. A carroceria é de cinco portas e dispõe de boa distância entre-eixos (2450 mm), que permite maior espaço para as pernas na frente e no banco traseiro.

d5

Uma das grandes vantagens do Datsun Go, pelo menos para o mercado indiano, é a aparência robusta do interior e a possibilidade de incluir muitos equipamentos num carro de segmento básico: painel de instrumentos digital, direção assistida, rádio com USB, travamento central das portas, vidros dianteiros elétricos e até ar condicionado. Quanto a airbags ou ABS, esqueça, pois pelo jeito na Índia os motoristas gostam de fortes emoções.

O interior oferece ainda outra curiosa particularidade: o banco dianteiro é inteiriço, graças à elevada manopla de câmbio e da posição do freio de estacionamento. Apesar disso, o espaço divulgado é para cinco ocupantes, e não seis.

É bem provável que surja uma versão ainda mais espartana, para enfrentar diretamente o Tata Nano, e por isso não deve incluir toda esta lista de  equipamento. O preço de venda do Datsun Go na Índia, é de cerca de US$ 5 mil a versão a gasolina e em torno de US$ 6 mil o modelo a diesel.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español