Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

No tribunal: executivos da Porsche tentaram fraudar o mercado

Compartilhe!

O Grupo Volkswagen está se preparando para administrar mais um escândalo da empresa, desta vez com a acusação de dois antigos executivos da holding Porsche SE, que serão julgados hoje por tentativa de manipulação de mercado.

Porsche Logo 02

Wendelin Wiedeking, antigo CEO da Porsche, e Holger Haerter, que ocupava o cargo de CFO na mesma empresa, sentarão no banco dos réus de um tribunal na Alemanha, depois da tentativa da marca para se tornar a acionista maioritária da Volkswagen, em 2008.

Isso não deu certo, e as autoridades alemãs acusam os dois antigos executivos de terem escondido as suas reais intenções em relação à compra da Volkswagen na época. Posteriormente se soube que haviam acumulado de forma secreta uma participação acionária na Volkswagen por há seis anos.

Depois de terem negado a intenção de aquisição inicialmente, apenas sete meses depois a Porsche emitiu um comunicado onde afirmava ser dona de 74,1% das ações da Volkswagen e que procurava chegar aos 75% de forma a controlá-la totalmente, conforme permite a lei alemã.

Esta mudança de atitude fez com que o negócio nunca fosse finalizado, e foi a Volkswagen que acabou adquirindo a marca de esportivos.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español