Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Noruega: quase metade dos carros vendidos em setembro são elétricos

Compartilhe!

Tudo bem que o mercado é pequeno, mas indica que a tendência é irreversível. No esforço para reduzir as emissões de CO2 produzidas por veículos que utilizam motores de combustão interna, a Noruega tem se destacado no quesito mudança do cenário automotivo para os veículos elétricos, por conta da política fiscal generosa de incentivos à mobilidade.

20140901_electric-car-afp_840_558_100

No mês de setembro, 46,9% de todos os automóveis vendidos naquele país eram elétricos (100% elétricos, híbridos e híbridos plug-in), de acordo com o site hybridcars.com, que revela ainda que os 100% elétricos correspondem a 19,0% desse total (no mesmo mês do ano passado representavam 17,1%), os híbridos 14,9% (12,6% em setembro de 2015) e os híbridos plug-in 13% (aumento de 4,2%).

A Noruega torna-se assim no maior mercado de híbridos plug-in da Europa e o quarto maior no mundo: mais de 121 mil veículos desde 2004. No lado oposto, as vendas de automóveis a diesel caíram para 26,4% (em setembro de 2015 representavam 39,2%) e os a gasolina diminuíram para os 31% (25,8% em setembro 2015).

Em termos de modelos, Tesla Model X foi o elétrico mais vendido: 601 unidades. Seguido do BMW i3 (581 unidades), Volkswagen e-Golf (392), Golf GTE híbrido plug-in (358) e Nissan Leaf (199).


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español