Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Novo Nissan Versa: nacional, revisto e 1.0

Compartilhe!

Nissan Novo Versa 1.6 Unique (6)

Menos de um ano -10 meses- depois do lançamento do hatch March, agora é a vez da Nissan apresentar o sedã Versa, o segundo modelo da marca produzido no Brasil, na fábrica de Resende, RJ, Com isso, o carro deixa de ser importado do México e abre espaço dentro da cota sem Imposto de Importação para mais unidades do Sentra. Ao mesmo tempo, a marca aproveitou para promover um face lift e acrescentar versões com o novo motor 1.0 de três cilindros, que desde fevereiro é usado no March.

Galeria de fotos Versa 1.0

Com isso, agora são cinco opções. O sedã agora passa a ser nas versões 1.0, 1.0 S, 1.6 SV, 1.6 SL e 1.6 Unique. A básica 1.0 custa R$ 42 mil e vem com freios ABS e airbags dianteiros (obrigatórios por lei, mas anunciados por todas as montadoras como equipamento de série), rodas aro 15 com pneus 185/65, ar-condicionado, direção com assistência elétrica, banco do motorista e volante com regulagem de altura, computador de bordo, conta-giros e alarme com controle remoto.

Apresentado mundialmente em 2014 no Salão do Automóvel de Nova Iorque, o novo Versa mantém as boas características de seu antecessor –que soma mais de 60 mil unidades vendidas no Brasil e 1,3 milhões em todo o mundo– com três anos de garantia e bom espaço interno.

FRENTE NOVA

O desenho do novo Versa traz alguns elementos da “assinatura” global da marca, comuns aos seus sedãs maiores, como Sentra e Altima. Entre eles, a frente mais encorpada, novo formato de bumerangue dos faróis -que cresceram- e a grade cromada de série em todas as versões, que valorizam o desenho. Os faróis de neblina (1.6 Unique) e o pára-choque traseiro foram reestilizados e ficarem mais angulosos. A idéia foi dar ao modelo estilo mais atual, mas sem descaracterizar o espaço interno e robustez.

Outros elementos novos do estilo incluem detalhes cromados nas maçanetas, na tampa do porta-malas e na moldura das janelas. A nova versão Unique conta ainda com retrovisores externos com as luzes indicadoras de direção incorporadas.

MOTORES 

A Nissan está usando no Versa o motor de 3 cilindros, 1.0 de 12 válvulas, o mesmo que equipa também o New March. Derivado do motor HR12, 1.2, utilizado pela marca em vários países, o HR10 foi desenvolvido exclusivamente para o mercado brasileiro pela engenharia da empresa. Produzido na fábrica da Nissan de Resende (RJ), o motor é compacto e leve graças ao número reduzido de peças em relação a um motor de quatro cilindros, e ao uso do alumínio no bloco e o cabeçote.

O motor HR10 utiliza componentes de baixo atrito e muitas peças foram nacionalizadas e preparadas para a utilização de etanol. O material das camisas dos cilindros, por exemplo, foi desenvolvido para taxa de compressão de 11,2:1, mais próxima do ideal para o uso de etanol. O volante e a polia de amortecimento foram balanceados com contrapesos externos para reduzir as vibrações características dos motores de três cilindros. Além disso, o isolamento acústico foi reforçado.

Galeria de fotos Versa 1.6

A regulagem foi trabalhada para a gasolina brasileira (E22), etanol (E100) ou a mistura dos dois em qualquer proporção. O mapeamento da central eletrônica (ECU) foi pensado para privilegiar o torque em baixas e médias rotações, proporcionando melhor dirigibilidade sem comprometer o consumo de combustível.

O novo motor traz tecnologias como o uso de corrente no lugar de correia, solução que amplia o prazo de manutenção do equipamento para acima de 100 mil km, o dobro do normal para as correias. As velas têm eletrodos de platina, substituídas também a cada 100 mil km.

Na prática, o resultado é um motor com 77 cv de potência, tanto com gasolina quanto com etanol, e 10 mkgf de torque, que garante bom desempenho ao sedã, já que a maior parte do torque está disponível em baixas e médias rotações. Pesando 1.056 kg na versão mais completa (1.0 S), o Versa três cilindros tem boa relação peso/potência, de 13,5 kg/cv, pois pesa apenas 92 quilos a mais que o New March SV 1.0 12V, a opção mais completa do hatch com este motor.

Outra tecnologia empregada no motor de três cilindros é o sistema CVVTCS (Continuosly Variable Valve Timing Control System) de variação de abertura das válvulas por meio de variador de fase. Ele faz com que a admissão seja otimizada em função da rotação do motor, oferecendo respostas mais precisas do acelerador e maior rendimento com economia de combustível. O resultado é a melhor queima de combustível e redução das emissões de poluentes. O diferencial foi alongado para aproveitar melhor o motor.

O HR10 1.0 12V foi desenvolvido para garantir baixo consumo de combustível. O modelo da Nissan, com gasolina, marcou 15,2 km/litro e 10,4 km/litro com etanol. No ciclo urbano faz 8,5 km/litro (etanol) e 12,6 km/litro (gasolina).

O sistema Flex Start da Bosch, que elimina o tanque auxiliar da partida a frio em todas as versões (também disponível para o motor 1.6) é uma das soluções que contribuíram para o modelo atingir as novas marcas de consumo.

O outro motor do Versa é o HR16, também de alumínio e bicombustível, com 111 cv de potência a 5.600 rpm e torque de 15,1 mkgf a 4,000 rpm, com qualquer um dos dois combustíveis. É semelhante aos que equipam modelos da Nissan em diversos mercados, entre eles o norte-americano, e um dos mais modernos do segmento no Brasil. Também produzido em Resende, conta com os sistemas Flex Start e CVVTCS.

MOTOR 1.6

O motor HR16 tem consumo urbano atinge 8,6 km/litro, com etanol, e 12,4 km/litro, com gasolina. Na estrada, o Nissan faz 10,2 km/litro, com etanol, e de 14,8 km/litro, com gasolina. Assim como o 1.0 de três cilindros, o bom rendimento em consumo pode ser atribuído também à relação peso-potência do modelo (9,8 kg/cv na versão Unique).

A velocidade máxima do 1.0 é de 162 km/h e do 1.6 de 187 km/h, abastecidos com etanol. A aceleração de zero a 100 km/h é feita em 10,4s (etanol) e 16s (gasolina).

INTERIOR 

Por dentro, o novo Versa também tem novidades. As modificações foram pensadas para oferecer maior refinamento, com novo visual e materiais de melhor qualidade. Os bancos agora são em tecido, camurça ou couro, de acordo com a versão. O novo console apresenta a opção de acabamento Piano Black e as portas têm forração em tecido. Há detalhes cromados no freio de estacionamento e maçanetas das portas e o volante pode ser forrado com couro. Sempre conforme a versão.

Introduzido na linha do Nissan New March no ano passado, o sistema NissanConnect também passa a equipar o Versa. Disponível nos Estados Unidos e na Europa, trata-se de uma plataforma global da Nissan para a conectividade com aplicativos de smartphones. O funcionamento é simples: após a compra do sedã equipado com o NissanConnect (1.6 Unique), o proprietário se cadastra e registra o seu carro, além de baixar o aplicativo em um smartphone com os sistemas operacionais Android ou iOS. A partir disso, é possível interagir com aplicativos como Facebook e Google.

ESPAÇO

O Versa preserva uma das características mais marcantes do seu antecessor: o amplo espaço interno, comparável ao de sedãs de categorias superiores, em especial no banco traseiro. Medindo 4,49 m de comprimento e 1,69 m de largura, o modelo tem entre-eixos de 2,60 m.

O objetivo da Nissan no desenvolvimento do carro foi criar um sedã puro, pois normalmente esses modelos são adaptações de hatchs (o Versa não é um sedã derivado do New March), adotando soluções inteligentes de aproveitamento de espaços, motores e transmissões mais compactos, entre outros. O Cx é de 0,32.

Além do ambiente interno arejado, o motorista encontra soluções para deixá-lo menos cansado no trânsito e em viagens mais longas. No novo desenho do console, a ergonomia foi avaliada em detalhes e colocou os principais comandos próximos às mãos.

A direção com assistência elétrica (de série em todas as versões de todos os carros de passeio da Nissan) permite modular o grau de assistência em função da situação, como manobras de estacionamento ou na condução na estrada. O sistema de direção do Nissan Novo Versa tem calibração exclusiva para o mercado brasileiro, tornando-a mais firme em velocidades mais altas. No modelo 1.6 avaliado pareceu um pouco mais pesada que o necessário.

CONFORTO

Outro item que privilegia o conforto é o Comfort Seat, tecnologia empregada na confecção dos bancos. Os da frente contam com apoios laterais aumentados para melhorar o conforto e manter a posição estável do motorista e passageiro. O tecido utilizado evita o deslocamento do corpo para frente em frenagens. Esta solução contempla também as extremidades alongadas em 20 mm na parte frontal do assento.

O motorista conta com o ajuste de altura, que pode elevá-lo em 40 mm, item de série desde a versão de entrada. Outras soluções são a abertura da tampa do tanque de combustível por meio de uma alavanca no painel, em todas as versões. E a partir da versão 1.6 SV, o sedã tem a abertura interna da tampa do porta-malas como item de fábrica.

Outro diferencial importante é o ajuste de altura do volante de série também desde a versão 1.0. Também disponível a partir da versão de entrada, a advertência sonora avisa quando a chave ficou no contato e também quando as luzes dos faróis permaneceram acesas após se desligar o carro. Atenção especial também foi dada ao painel com o quadro de instrumentos Fine Vision (a partir do 1.6 S) que possui alto grau de nitidez dos números e luz branca.

O porta-malas tem 460 litros de capacidade. Outro ponto bem pensado foi a área utilizável, com tudo considerado para ampliar o espaço: dos braços da tampa até as paredes do compartimento. Com a opção do rebatimento do encosto do banco traseiro (a partir da SL), o modelo tem boa versatilidade para o transporte de objetos.

Para facilitar a vida dos ocupantes, o Versa tem console entre os bancos dianteiros com três porta-copos (quatro nas versões 1.6), sendo dois dianteiros (três nas 1.6), um traseiro e dois porta-garrafas dianteiros.

O Nissan Versa traz sistema multimídia (disponível na versão 1.6 Unique) com tela de 5.8 polegadas touchscreen e comandos de voz em português. Nela é possível consultar todas as informações de áudio e do telefone celular e também se conectar via Bluetooth a dispositivos móveis como smartphones e equipamentos de MP3. Ainda mostra as informações do sistema de navegação por satélite (GPS), dos aplicativos do NissanConnect e as imagens da câmera de ré.

Outro requinte do Versa é o ar-condicionado digital automático. Caso sejam selecionados 22ºC, por exemplo, o ambiente interno ficará assim mesmo se o carro estiver passando por locais com variações sensíveis de calor e frio, já que um sensor instalado na parte mais baixa do para-choque identifica a temperatura externa para que a troca de ar seja calibrada e o habitáculo fique como escolhido.

O novo volante multifuncional concentra os controles de áudio e da função viva-voz para o telefone. Com o Bluetooth Streaming é possível sincronizar a agenda telefônica e os arquivos de música digital com o sistema de áudio do carro para ampliar as opções de diversão durante a condução, sem a necessidade de utilizar cabos para a conexão com os aparelhos.E a câmera traseira (instalada na parte interna da alça de abertura do porta-malas) ajuda nas manobras de estacionamento.

Uma novidade na segurança é a oferta de pontos de ancoragem para cadeirinhas infantis. A versão Unique conta tanto com o sistema europeu (Isofix) quanto com o norte-americano (LATCH), que prende a cadeirinha por alças na base e pelo alto. Essa versão também conta com cintos de segurança traseiros laterais e central retráteis de três pontos (também disponível na 1.6 SL).

MECÂNICA 

O sistema de suspensões do Versa é independente, McPherson com barra estabilizadora na frente e, na traseira, tem eixo de torção com barra estabilizadora e molas helicoidais. Desta forma, o modelo oferece boa relação entre estabilidade, firmeza e conforto.

Os freios, dianteiros com discos ventilados de 260 mm de diâmetro e traseiros com tambores de 203 mm, têm o obrigatório sistema ABS de 9ª geração que trabalha em conjunto com o controle eletrônico de frenagem (EBD) e o sistema de assistência de frenagem (BAS).

O Versa conta com rodas de liga leve aro 16 na versão top de linha, a Unique. Elas são calçadas com pneus Continental ContiPower 195/55 R16. Da versão de entrada até a 1.6 SL, as rodas são aro 15 com pneus Continental ContiPower 185/65 R15 (de aço na 1.0 e 1.6 SV e de alumínio na 1.0 S e 1.6 SL).

VERSÕES E PREÇOS 

1.0 – R$ 41.990

1.0 S – R$ 44.990

1.6 SV – R$ 46.490

1.6 SL – R$ 49.490

1.6 UNIQUE – R$ 54.990

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español